CB Twister volta a oferecer cor amarela na linha 2020

Naked da Honda de 250 cc mudou pouco, mas encareceu em relação ao modelo anterior

Por O Dia

Painel de instrumentos da linha Twister tem fundo preto e elementos iluminados em branco
Painel de instrumentos da linha Twister tem fundo preto e elementos iluminados em branco -

A Honda segue firme no seu projeto de atualizar toda a linha para o ano 2020. Depois de dar atenção a sua moto mais vendida, a CG 160, foi a vez da CB 250F Twister passar por pequenas mudanças. A novidade traz como destaque novas combinações de cores, com destaque para o retorno da cor amarela, que fez sucesso anos atrás. A naked encareceu e agora é vendida em duas versões, com preços a partir de R$ 14.490 (CBS) e R$ 15.490 (ABS).

Além do amarelo nas carenagens, a nova opção de pintura, exclusiva da versão ABS, também adota o tom preto nas rodas. Para a versão com freios combinados (CBS), a nova tonalidade disponível é a prata com rodas pretas e vermelha com rodas vermelhas. Os grafismos redesenhados são outra novidade da motocicleta. Mas as novidades se limitam a isso.

No quesito motorização, a CB 250 Twister está equipada com o mesmo monoclíndrico de 249,5 cm³ de quatro tempos da linha anterior. O propulsor conta com cabeçote OHC de quatro válvulas alimentado por injeção eletrônica de combustível e alcança a potência máxima de 22,4 cv a 7.500 rpm quando abastecido com gasolina e 22,6 cv a 7.500 rpm abastecido com etanol, o torque de 2,28 kgf.m a 6.000 rpm com ambos combustíveis.

O chassi tubular de aço do tipo Diamond, a suspensão dianteira telescópica (130 mm de curso) e a traseira do tipo monochoque, com mola dupla (108 mm de curso), também são os mesmos da linha anterior.

Tecnologia de freios

Tanto a CBS quanto a ABS trazem disco nas duas rodas. O que muda de uma para a outra é, como era de se esperar pelo nome das versões, é o tipo de sistema antitravamento eletrônico usado: ABS, direcionado aos motociclistas mais experientes, ou CBS (Combined Brake System) que combina a frenagem em ambas as rodas, para evitar o travamento total e, consequentemente, acidentes.

A tecnologia segue inalterada com painel de instrumentos digital black-out e o conjunto de lanterna traseira e indicadores de direção em LED. O farol é do tipo projetor tradicional.

Galeria de Fotos

Painel de instrumentos da linha Twister tem fundo preto e elementos iluminados em branco Divulgação
Amarelo com rodas pretas e vermelho com rodas vermelhas são duas das três novas combinações disponíveis fotos Divulgação
Painel de instrumentos da linha Twister tem fundo preto e elementos. Versão CBS é a mais barata com preço sugerido de R$ 14.490 Divulgação

Comentários