Universitária de 20 anos morre ao ser atingida acidentalmente por garrafa em festa

Luana Farias de Oliveira foi ferida no pescoço, no lado esquerdo do rosto e no braço

Por O Dia

Luana Farias de Oliveira tinha 20 anos
Luana Farias de Oliveira tinha 20 anos -
Uma universitária de 20 anos morreu, na madrugada deste domingo, ao ser atingida acidentalmente por uma garrafa durante uma briga em uma festa no centro comunitário do bairro Universitário, na Zona Norte de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Luana Farias de Oliveira, que também trabalha como atendente de farmácia, estava comemorando a folga e uma promoção no trabalho.
De acordo com testemunhas, a jovem, que não tinha envolvimento na confusão, foi atingida no pescoço, no lado esquerdo do rosto e no braço. Ela contou ao marido, que estava com ela, sobre os ferimentos, desmaiando em seguida. A estudante foi levada por amigos à UPA do bairro, mas não resistiu depois de sofrer paradas cardíacas.

Galeria de Fotos

Luana Farias de Oliveira Arquivo Pessoal
Luana Farias de Oliveira Arquivo Pessoal
Luana Farias de Oliveira Arquivo Pessoal
Luana Farias de Oliveira Arquivo Pessoal
Luana Farias de Oliveira Arquivo Pessoal
Luana Farias de Oliveira Arquivo Pessoal
Luana Farias de Oliveira Arquivo Pessoal
Luana Farias de Oliveira Arquivo Pessoal
Luana Farias de Oliveira tinha 20 anos Arquivo Pessoal
A irmã de Luana, Jéssica Farias lamentou a morte dela pelas redes sociais. 
"Minha linda estava tão feliz ontem que subiu de cargo no serviço, ia pegar folga hoje e queria comemorar. Tão jovem, tão linda, tão inteligente e querida. Não tinha maldade. Eu não acredito que isso aconteceu com você", comentou.
O caso é investigado pela Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Vila Piratininga. A especializada já ouviu dois suspeitos de participar da briga. Até o momento, ninguém foi preso.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários