Viúva de MC Sapão processa empresários do músico

Alessandra Araújo pede na Justiça que empresa preste contas sobre gastos

Por O Dia

MC Sapão e Alessandra Araújo
MC Sapão e Alessandra Araújo -
Tuka Carvalho e o escritório Arca, que foram responsáveis pela administração da carreira de MC Sapão, estão sendo processados por Alessandra Araújo, viúva do cantor. No processo, de número 0019055-23.2019.8.19.0209, ao qual a coluna teve acesso, Alessandra pede na Justiça que o escritório preste as contas referentes aos shows do funkeiro e às ativações comerciais.
Na inicial, a defesa de Alessandra alega que ela e os quatro filhos do cantor vêm enfrentando dificuldades muitas financeiras, uma vez que o escritório Arca, além de gerenciar a carreira de Sapão, também administrava as contas do artista. Ou seja: eles eram os responsáveis por pagar as contas da casa em que a família do cantor mora, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio.
Segundo consta na inicial, a família já sofreu com cortes de luz por falta de pagamento, além de ter recebido uma notificação de despejo. O embate entre a família de Sapão e o escritório não para por aí: a coluna, que não dorme no ponto, soube ainda que os empresários do funkeiro sequer devolveram à família as senhas das redes sociais do Sapão.
O advogado do escritório da Arca, José Estevam Macedo Lima, esclareceu que os empresários "prestaram todas as contas ao artista MC Sapão antes de seu falecimento. Esclarece ainda que, apesar de lamentar a fatalidade que se abateu sobre a família do artista, a empresa agenciadora não possui nenhuma obrigação de custear as despesas pessoais de familiares e herdeiros do falecido cantor. Por fim, informa que o referido artista antes de falecer já possuía uma dívida com a Arca A no valor de R$ 84.409,92 e que a empresa Showliana, responsável pela venda dos shows do cantor e representada por Juliana Costa Rodrigues, também deve à agenciadora a quantia de R$ 92.503,59", diz a nota.

Comentários