Justiça bloqueia as contas bancárias de Pepê e Neném

Cantoras foram condenadas a pagar mais de R$ 30 mil

Por O Dia

Pepê e Neném
Pepê e Neném -
Pepê e Neném tiveram suas contas bancárias bloqueadas pela Justiça, devido ao processo de número 1003015-32.2015.8.26.0196, movido por uma ex-empresária da dupla, que se arrasta desde 2015. As cantoras perderam em segunda instância e foram condenadas a pagar R$ 31.764,85. Como não pagaram espontaneamente, foi determinado o bloqueio das contas, como uma das formas de execução da condenação. No processo, a ex-empresária das cantoras Angélica Capelete pedia, em 2014, R$ 74.204,56 pela multa de rescisão do contrato não pago na ocasião, além de outros valores relacionados à captação de trabalho para as artistas. Entre idas e vindas, o valor atual foi firmado em R$ 31.764,85. Além das irmãs, a empresa delas, a Pepê e Neném Produções Ltda., também foi alvo da ação na Justiça.

Comentários