Xuxa pode ser processada por fraude

A indenização pode chegar a R$ 50 milhões

Por O Dia

A apresentadora Xuxa diz que notícias sobre briga entre ela e Jair Bolsonaro são falsas
A apresentadora Xuxa diz que notícias sobre briga entre ela e Jair Bolsonaro são falsas -
Xuxa Meneghel corre o risco de ver seus sigilos (bancário e fiscal) quebrados, além de ter de pagar uma indenização que pode chegar a mais R$ 50 milhões. A ação contra ela movida pelo empresário mineiro Leonardo Soltz já percorreu todas as instâncias da justiça e está em fase de execução. Ele alega que a empresa de Xuxa copiou personagens que ele havia apresentado a ela em um projeto relativo aos 500 anos do Descobrimento do Brasil, chamado 'Turma do Cabralzinho'. E que Xuxa Produções lançou como 'Turma da Xuxinha Descobrindo o Brasil', com o patrocínio e uso dos personagens em formato de licenciamento para uma linha completa de produtos pela Baruel, comercialização de revistas em quadrinhos e bonecos de pelúcia, em ações promocionais com os Correios e maciças campanhas publicitárias nacionais.

Apesar de ter ganhado a causa, Soltz ainda não viu a cor do dinheiro. Xuxa recorreu ao máximo e alegou que não tinha mais nenhum dos contratos e acordos firmados à época com o projeto. "Ela se limitou a dizer simplesmente não possuir nada sobre o assunto. Não guardou ou se desfez de algo necessário e do seu conhecimento, caracterizando litigância de má-fé", diz Marco Tulio Castro, advogado de Soltz. Xuxa ainda é acusada por seu ex-sócio por mais de duas décadas, Luiz Claudio Lopes Moreira, de estar esvaziando o patrimônio da Xuxa Produções e Promoções Artísticas Ltda e fazendo uso da empresa XS Produções e Promoções Artísticas Ltda como maneira de se prevenir contra o pagamento de indenizações e, segundo o autor da ação, diminuindo o valor da sociedade da qual o mesmo faz parte.

A acusação faz parte do processo em curso que o ex-sócio move contra Xuxa no Rio de Janeiro. "Solicitamos de imediato a Juíza titular da ação na Barra da Tijuca, Flavia Viveiros de Castro, a efetiva quebra de sigilo fiscal e bancário da Xuxa Produções. Isso para evitar que, depois destas mais de década e meia, possamos ser surpreendidos com uma empresa esvaziada e sem condições de nos pagar o que é devido e que será devidamente apurado pelo perito oficial incumbido do processo" comenta o advogado.

Os cálculos preliminares da perita assistente do caso dão conta de que os números podem chegar a mais de R$ 50 milhões, com possíveis registros e documentos a serem apurados pelos trabalhos periciais. Procurada, a assessoria de Xuxa disse que não comenta notas que envolvam a Justiça.

Comentários