Saulo Fernandes canta pela última vez em festival musical e dispara: 'falta de respeito'

Cantor se apresentou no Fortal

Por O Dia

Saulo Fernandes - Bloco Carrossel de Emoções - Pré-Réveillon na Barra
Saulo Fernandes - Bloco Carrossel de Emoções - Pré-Réveillon na Barra -
Saulo se apresentou no Fortal, em Fortaleza, na última quinta-feira, início da festa. Após seu aclamado show, Saulo iniciou um discurso dizendo que aquela seria sua última vez no evento. Segundo o cantor, estaria faltando respeito com os artistas que lá se apresentavam. O público não entendeu muito bem do que ele estava falando, mas a coluna descobriu: cada vez mais a Social Music, empresa responsável pelo Fortal, vem inserindo na lista de atrações artistas de outros gêneros musicais que não condizem com a tradicional micareta que o Fortal sempre foi.
Safadão, por exemplo, já vinha se apresentando lá há alguns anos. Mas neste ano, em específico, o que pegou foi o fato da produção do evento ter optado por colocar Saulo para se apresentar no primeiro dia de evento, dia de menos prestígio, digamos assim. No fim de semana, data em que o evento mais lota e mais bomba, estavam Safadão e Gustavo Mioto, que passam longe de cantar Axé. "A gente vai dar espaço pra um monte de gente que tem que participar. Falta um pouquinho de respeito. São outros interesses, outras coisas. Não dá mais! Até qualquer dia", disse Saulo sem detalhar muito sua insatisfação para não gerar ainda mais polêmica.
Além das datas em si, outra desmotivação de Saulo são os cachês. O de Safadão, por exemplo, é um dos mais caros do país. Enquanto Saulo cobra em torno de R$ 150 mil, Safadão cobra R$ 450. Procurada, a assessoria do evento ficou muda após a coluna indagá-la sobre a polêmica. Já a assessoria do Saulo nega que ele tenha brigado com o Fortal: "O evento está fazendo uma reciclagem dos artistas, o que é normal para o mercado."
Veja os vídeos:
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários