DJ Barão fala sobre os 30 anos do movimento Funk, hit polêmico e sua relação com o espelho

Cantor exportou sucesso polêmico de Portugal para o Brasil

Por O Dia

DJ Barão
DJ Barão -
Aos 25 anos, Leonardo Pereira, ou DJ Barão, como ficou conhecido, vem arrancando muitos suspiros de suas fãs. Além de mandar muito bem nos palcos, ele ainda tem a beleza como um grande ponto a seu favor: são 88 kg bem distribuídos em 1,80 de altura. Sua história com a música começou desde muito cedo, quando ainda criança começou a desenvolver suas aptidões musicais, tendo sempre o funk como norte.

Seus shows, que contam com pirotecnias, dança, muita presença de palco e interação com público, já passaram por quase todo o Brasil. Além da Europa, que o recebeu com muito carinho para uma curta turnê que passou por seis cidades de Madrid e Portugal. Aliás, foi deste último que surgiu o seu novo sucesso 'Ave Maria, hoje vai ter pu**ria'.

“Quando cheguei em Portugal ouvi essa música tocando e na hora me despertou interesse. Fiquei imaginando ela no Brasil, tocando nos 150 bpm... Todos já sabiam cantar e coreografar. Então fiz a minha versão dela e toquei. A aceitação lá foi maravilhosa, e eu não podia deixar de trazer para o meu público brasileiro. Tem uma mensagem bem polêmica, mas num todo nos diz que independente da nossa religião, também podemos curtir um funk. O limite está em nossas ações.”, explica o DJ, que torce para que a música seja tão bem recebida aqui, como tem sido em Portugal.

Segundo ele, o seu maior sonho de carreira é estar entre os grandes nomes, não só do seu segmento, como da música brasileira como um todo. DJ Barão avalia positivamente os 30 anos do movimento funk no Brasil. “O funck sempre foi muito cercado de preconceitos e até mesmo recriminado. É a música do povo, e acho que ninguém imaginava que ele tomaria essa proporção que tem hoje. Lá fora, todas músicas brasileiras são bem vendidas, mas o funk é superior a qualquer outra coisa”, contou ele ressaltando nomes como Anitta e Denis DJ, que contribuíram para essa propagação do estilo no exterior.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários