Agatha Moreira fala sobre mensagens chocantes que recebe nas redes sociais: 'inusitadas'

Atriz de 'A Dona do Pedaço' é a entrevistada da coluna deste domingo

Por O Dia

Agatha Moreira
Agatha Moreira -
Aos 27 anos, Agatha Moreira encara mais uma vilã em sua carreira, a terrível Josiane, ou simplesmente Jô, como a personagem gosta de ser chamada em 'A Dona do Pedaço'. A filha de Maria da Paz (Juliana Paes) é capaz de tudo para ter o que quer, mesmo que para isso deixe sua mãe na miséria. Longe da ficção, a atriz tenta levar uma vida leve, sem exageros. Pelo menos é isso o que ela conta na entrevista concedida à coluna. Agatha revelou ser sensitiva, observadora, de sexto sentido apurado e que não fica perturbada com a cobrança de estar bonita o tempo todo. Ela também falou sobre o namorado, Rodrigo Simas, e se tem planos para o casamento. Confira!

Como é dar vida a uma menina tão moderna?
Eu estou gostando muito de fazer a Josiane. Ela é uma personagem bem intrigante para mim, porque temos uma forma de pensar muito diferente uma da outra. Por esse aspecto, é ainda mais gostoso interpretar essa menina tão fora da curva. Ela não é nem um pouco previsível nos atos. O público pode esperar qualquer coisa dela, porque ela é totalmente sem limites. Falta uma empatia pelo próximo, ela não consegue se sensibilizar com o outro. Josiane se coloca em primeiro, segundo, terceiro, quarto lugar... Só ela importa e mais ninguém.

Você é mais da vibe moderna ou é tradicional?
Acho que sou uma mistura (gargalhadas). Acho que ninguém é uma coisa só, né?! Mas se precisar escolher entre um, eu fico com a moderna, porque tem pensamentos ultrapassados e que são considerados tradicionais, que não fazem parte da minha vida. Respeito muito o próximo, o amor do meu semelhante, não aceito ver uma mulher sendo assediada e ficar calada ou mesmo um homem sendo machista e ser aplaudido por isso.

Tem inspirado em algum personagem da vida real (ou ficção) para interpretar a Jô?
Eu assisti ao filme 'A Malvada', que é um clássico do cinema. E a personagem principal tem um quê de Josiane (risos). Mas eu vi muitas sérias também. Não me inspirei em ninguém da vida real não, mas até poderia, né?! (risos). Existem Josianes por aí com certeza. Mas eu foquei meu estudo nessas obras, no próprio texto do Walcyr, que tem muitos detalhes e é muito rico. E sinto que a cada dia que passa eu vou conhecendo mais e mais ela.

Como você lida com os haters nas redes?
Olha, eu tenho mais pena do que raiva, para ser sincera. Muitas vezes, minha vontade é pegar e chamar para conversar, para eu entender o porquê da gratuidade de uma ofensa ou de um comentário maldoso. Sempre acho que a pessoa não está vivendo um bom momento, porque quem está bem não perde o tempo para destilar ódio. E tenho uma cabeça boa mesmo, felizmente. Não deixo me afetar. Sou bem seletiva. Adoro as críticas construtivas, que iniciam bons diálogos e que ajudam a gente a crescer.

Você tem alguma história inusitada que já aconteceu com você através das redes sociais?
De vez em quando surgem uns pedidos de casamento no direct. Se isso não é inusitado, nem sei (risos).

Jô vive dando pequenos golpes na novela. Você já sofreu algum golpe na vida real? Conte!
Não! De verdade! Eu sou muito atenta e sensitiva demais. Meu sexto sentido é apurado. Se eu sinto que algo está errado, eu redobro a atenção, eu me afasto de situações que podem dar errado. Acho que isso me ajudou e me ajuda muito. Josiane teria um trabalho enorme para me enrolar (gargalhadas).

Estar bonita a todo momento te incomoda?
Não, até mesmo porque eu não me cobro isso mesmo. As pessoas olham com muito glamour a profissão, mas é somente o meu trabalho. Em casa, com meus amigos, com minha família, eu sou a mesma Agatha, um ser humano como outro qualquer. Não tenho mesmo essa nóia. Se tenho um evento de trabalho e tal, adoro brincar, me arrumar e experimentar looks novos. Mas isso é parte do trabalho. Não me sinto obrigada a ir toda montada na padaria comprar um pão, por exemplo (risos). É vida real. Se for me preocupar com isso, acho que não terei tempo para mais nada. E eu gosto de viver com simplicidade, em contato com a natureza, ao lados dos poucos e bons amigos.

Você é muito vaidosa?
Sou vaidosa no limite. Mesmo! Real (risos). Eu me cuido, gosto de ter um tempinho para mim, mas nada exagerado.

Você tem alguma mania inusitada?
Não é uma mania, eu acho, rs. Mas é uma coisa que eu amo: cuidar de plantas! Adoro verde. Minha casa tem muitas e eu cuido muito bem delas. Pesquiso sobre, converso com quem entende. Adoro um jardim bem cuidado.

O que você busca em um relacionamento a dois?
Ah, tem coisas que são fundamentais: companheirismo, respeito, amor, lealdade... Relacionamento é para ser algo bom para os dois, é isso o que penso. Tem que ser alguém que some no seu dia, na sua vida.

Quais qualidades do Rodrigo que você gosta mais?
Tenho quantas páginas de entrevista? (Riso). Brincadeira! Mas ele tem muitas qualidades que eu admiro. Temos muita afinidade, muita parceria, foi um grande encontro que tivemos mesmo. Ele é um cara muito legal, muito íntegro, respeitoso, trabalhador... Estou te falando... São muitas (risos).

E qual parte do corpo dele que te chama mais atenção?
Não tem uma, tem várias. Gosto dele por completo. Mas se é para destacar algo: eu amo os cílios dele.

Quem é mais romântico?
No outro dia me fizeram essa pergunta e eu parei para refletir, porque, até então, nunca tinha pensado. Mas somos dois capricornianos, que o mundo sempre diz que o romantismo não é o forte do signo. Mas tem sido uma bela surpresa. Dos dois lados. Nosso romantismo tem sido bem balanceado.

Vocês já estão morando juntos? Tem essa ideia?
Não, mas moramos muito próximo um do outro. Algumas ruas de distância. Está tudo tão bom no momento, que estamos curtindo a vida do jeito que ela está.

E casar? Vocês pretendem? tem esse sonho?
É como eu falei acima, está tudo tão bom. Estamos felizes. Mas eu gosto de viver a vida dia a dia, sem fazer planos e programações. Estamos felizes e é isso o que importa.

Qual seu maior sonho hoje?
Nossa, eu estou realizando tantos sonhos. Eu sou muito feliz com tudo o que estou vivendo, com tudo o que eu conquistei. Acho que o sonho é seguir nesse caminho, trabalhando com o que eu amo, fazendo arte... Viver do que a gente ama é um privilégio. E eu sei que sou privilegiada por isso. Meu sonho é continuar trabalhando mais e mais, encontrando sempre trabalhos e personagens que me instiguem, que me façam ter frio na barriga.

Como se vê daqui dez anos?
Nossa! Daqui a dez anos... Eu espero estar trabalhando muito, ter feito muitos papéis interessantes, ter feito mais cinema... E ter conhecido diversos lugares no mundo. Eu amo viajar, amo conhecer novas culturas. E quero, acima de tudo, estar feliz e com saúde.

Tem vontade de voltar aos palcos em uma peça profissional?
Tenho vontade de trabalhar cada vez mais e mais, tanto na TV, como no teatro e no cinema. Se surgir um personagem interessante, eu, com certeza, vou me jogar e fazer. Eu escolhi essa profissão e sou muito realizada nela.

Está ansiosa com sua estreia no cinema? Como foi ter rodado os filmes?
Foi muito gostoso fazer cinema. Eu amei a experiência e quero fazer mais. Quero muito ver o resultado na telona.

Comentários