'Vamos supor menos', diz Safadão sobre acusação de jornalista

Cantor fala pela primeira vez sobre o 'bolsa artista'

Por O Dia

Wesley Safadão
Wesley Safadão -
Quem acompanha a internet sabe que está rolando um tremendo bafão envolvendo instagrans especializados em fofocas e Wesley Safadão. De acordo com o jornalista Erlan Bastos, da TV Meio-Norte, Wesley faria pagamentos mensais aos instagranistas para que eles sejam manipulados pelo cantor, divulgando apenas o que o sertanejo permite. Na internet, o escândalo ganhou o nome de 'bolsa artista'. A coluna procurou Safadão através de sua assessoria de imprensa, que enviou o seguinte comunicado em primeira mão:
"Mais uma vez vejo meu nome envolvido em redes sociais. A partir de agora, quando eu ver algo desse tipo, irei responder, porque toda hora envolvem meu nome em polêmica, e agora mais uma fake news. A gente luta tanto para construir uma carreira, aí vem uma pessoa do nada e publica coisas sem nexo algum, sem sequer checar as informações. Isso tem que acabar, galera! Tá chato! Checa a informação, checa a fonte, se certifica. Vamos supor menos e nos certificar mais!".
Para quem não está entendendo a treta, a coluna explica: na noite de ontem, o jornalista em questão divulgou uma suposta planilha em seu canal no Youtube, na qual estão nomes de 11 Instagrams especializados em fazer fofocas sobre celebridades. Na dita planilha constam valores que seriam pagos a cada um destes perfis e também aparece o CNPJ da empresa do cantor, a WS Shows LTDA. A tal planilha deixa subentendido que seria Safadão quem faz os pagamentos aos fofoqueiros do Instagram para que eles supostamente persigam outros famosos a mando do cantor. 

Comentários