Chamado de machista, Juliano Cazarré comenta polêmica: 'não tenho que pedir desculpas'

Ator se prepara para entrar no ar em 'Amor de Mãe', na TV Globo

Por O Dia

Juliano Cazarré
Juliano Cazarré -
Prestes a entrar no ar em 'Amor de Mãe', que irá substituir 'A Dona do Pedaço', na Globo, Juliano Cazarré esteve na coletiva de imprensa da novela, que aconteceu na tarde de ontem, no Centro do Rio. Esta coluna aproveitou a deixa para que ele comentasse a recente polêmica sobre machismo na qual se envolveu.
"Acho uma polêmica boba. Falei com outros homens, que eles cuidem e protejam suas famílias. Isso é bonito, é bom e é o oposto de machismo. Machismo é abandonar a mulher, bater na mulher, abandonar filho... e eu sou o contrário disso. Sou um cara que assume filho, que está em casa com a esposa", disse o ator que em momento algum se mostrou arrependido de seu discurso nas redes sociais.
"Eu acho que falei uma coisa que é boa, por isso não voltei atrás. Por isso eu acho que não tenho que pedir desculpas por nada. Mantenho minha posição e acho que qualquer pessoa que queira olhar com olhos neutros vai ver que em nenhum momento eu falei que homem é melhor que mulher, ou que mulher depende de homem. Pelo contrário, eu disse que muitas mulheres são guerreiras e heroínas, e que a vida delas fica muito mais difícil porque algum homem foi banana com elas lá atrás", concluiu.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários