Após quase morrer surfando, Pedro Scooby dispara: 'pior perrengue que já passei'

Surfista ficou 40 segundos desacordado embaixo d'água

Por O Dia

Pedro Scooby
Pedro Scooby -
Depois de se acidentar nesta quarta-feira (13), enquanto surfava em ondas gigantes de Nazaré, em Portugal, Pedro Scooby revelou detalhes de sua 'quase morte'. O surfista ficou 40 segundos desacordado embaixo d'água e, após o resgate, precisou ser entubado e receber oxigênio para conseguir respirar normalmente.
"Vou começar falando que foi o pior perrengue que passei na minha vida, disparado. Acho que foi o mais perto da morte que eu já cheguei. Sei lá, fiquei várias ondas embaixo da água, todo mundo me procurando. Conseguiram me achar depois de um tempo. Graças a Deus estou bem, queria avisar meus familiares e amigos que estão mandando mensagem que está tudo certo", disse ele. 
Scooby ainda aproveitou para agradecer ao surfista Sebastian Steudtner, que foi peça principal para que seu resgate fosse possível. "Foi meu anjo. Sebastian é um alemão, parceiro da Maya Gabeira. Ele que me resgatou ali. Estava todo mundo me procurando, eu estava perdido e ele foi que estava mais próximo de mim quando levantei. Ele me levou pra areia, me ajudou a vomitar e tinha um puta equipamento no carro dele. Tinha tipo um aparelho quando entubam com oxigênio puro, colocou uns cobertores, me aqueceu e eu fiquei respirando no oxigênio durante uns 30 minutos pra voltar a respirar bem", explicou o atleta em conversa com seus seguidores do Instagram. 
Depois da experiência de quase morte, Scooby ainda ressaltou a importância de valorizarem cada momento da vida. "To com o 'corpitcho' doendo, meio quebradinho, mas tô vivo. A onda que eu peguei foi foda, depois eu posto. Fui perto da morte? Fui. Mas tô vivo? Tô. Isso me faz dar mais valor ainda para vida. E a mensagem que queria deixar é: aproveitem ao máximo a vida de vocês. A gente nunca sabe. De uma hora pra outra tudo pode acabar. A vida é um sopro. Curta cada momento, ame muito, crie amigos e não inimigos, aproveite cada momento como se fosse o último. De repente, você pode não estar aqui. Obviamente, faço uma profissão que tem um pouco mais de risco e a minha vida pode acabar mais fácil. Mas vamos aproveitar a vida e ser feliz", concluiu Scooby. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários