Cacau Protásio vai à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática

Atriz sofreu ataques após gravar cenas no quartel do Corpo de Bombeiros

Por O Dia

Cacau Protásio
Cacau Protásio -
Cacau Protásio não vai deixar barato o racismo sofrido por ela por conta das filmagens feitas dentro do quartel do Corpo de Bombeiros, no Centro do Rio. De acordo com a assessoria da atriz, ela vai até amanhã à sede da DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática), onde registrará ocorrência. 
Após rodar uma sequência de cenas de 'Juntos e Enrolados', a atriz recebeu áudios de bombeiros falando mal dela. Entre os xingamentos estavam palavras como "preta, gorda e filha da p...". Procurada, a corporação respondeu que 'não compactua com qualquer ato discriminatório'.
 

Comentários