Jornalistas da Globo são vítimas de homofobia

Hotel só aceitou trocar as duas camas de solteiro por uma de casal depois que Pedro Figueiredo e Erick Rianelli ameaçaram chamar a polícia

Por O Dia

Pedro Figueiredo e Erick Rianelli
Pedro Figueiredo e Erick Rianelli -
Os repórteres da TV Globo Pedro Figueiredo e Erick Rianelli afirmam terem sido vítimas de homofobia neste fim de semana. O casal se hospedou no Hotel Iberostar Praia do Forte, na Bahia, para curtir as férias. Tanto Pedro quanto Erick relataram o que aconteceu nas redes sociais: "A homofobia de cada no dia aconteceu também no @IBEROSTAR Praia do Forte. Reservamos um quarto de casal e nos deram um com duas camas de solteiro. Só aceitaram trocar nosso quarto depois que ameaçamos chamar a polícia", desabafou Pedro.
"Você sai de férias pra e relaxar mas é de homofobia logo depois do check in. Foi no @IBEROSTAR Praia do Forte. Reservamos um quarto de casal e nos deram um com duas camas de solteiro. Só aceitaram trocar nosso quarto depois que ameaçamos chamar a polícia", relatou Erick.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários