Após condenação de Victor Chaves, irmã do sertanejo dispara sobre Poliana: 'deveria se desculpar'

Paula nega que câmeras de segurança tenham registrado uma agressão: 'O que houve foi contenção à uma mulher que estava em surto emocional'

Por O Dia

Victor Chaves e Poliana Bagatini
Victor Chaves e Poliana Bagatini -
Após ver seu irmão Victor Chaves ser condenado a 18 dias de prisão em regime aberto por agredir a ex-mulher Poliana Bagatini em fevereiro de 2017, em Belo Horizonte, Paula Chaves resolveu se pronunciar e sair em defesa do sertanejo. Ela afirmou que as imagens das câmeras de segurança do prédio onde morava o ex-casal que foram decisivas na hora da condenação de Victor, mostravam uma tentativa de 'contenção' de sua ex-cunhada e não uma agressão.
"O que houve foi contenção à uma mulher que estava em surto emocional, fato que nunca houvera antes em nossa família e de tal maneira, tão descontrolada. Uma pessoa que estava convivendo conosco pouco tempo e que trouxe uma carga emocional e um comportamento estranho, de invadir uma casa, um quarto, um banheiro, de uma mulher mais velha (minha mãe) e quebrar objetos de vidro pela casa, podendo ter se machucado, ou nos machucado. No mínimo, minha mãe merecia mais respeito, dentro de sua própria casa. Ainda fez um bolo de aniversário e recebeu a ex-nora em sua casa na noite anterior com carinho e aconchego.", ressaltou ela após Poliana afirmar em depoimento que sua relação com a ex-sogra não era das melhores. 
Paula também demonstrou não entender a postura da ex-cunhada e disse que ela deveria se desculpar por ter virado a vida de seu irmão de cabeça pra baixo. "Fico me perguntando, qual o motivo para tamanho surto, sendo que sempre foi tratada com respeito. Hoje ela recebe uma pensão digna de se desculpar perante o país inteiro, por ter provocado tamanho caos. Ameaçou sair para rua, no dia do ocorrido, com uma bebê de colo, sem nenhuma segurança e controle emocional. Deveria se desculpar, pois o pai dos filhos dela é um pai presente e que participa da educação dos filhos com honra", disse.
A irmã do cantor aproveitou o desabafo para mandar um recado aos haters que vem atacando Victor por conta do episódio e para criticar a imprensa por expor os fatos. "Quanto aos odiosos, aos cegos, que não compreendem o que é ser “humano”, que acreditam na perversidade da mídia e se afogam no veneno dos próprios pensamentos ruins, que aprendam um dia a olhar com mais amor, aquele que enfrenta um problema familiar. Um problema, onde as pessoas envolvidas foram expostas por uma mídia sem escrúpulos, ética e qualquer tipo de empatia pela vida do outro", afirmou. 

Confira o desabafo de Paula Chaves na íntegra:
 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Sua arte, sua luz, suas letras, poesias, as pessoas que te amam, teu público, seus filhos, seus pais, seus irmãos, seus amigos, sua espiritualidade, tua fé! Tudo isso e o tempo, serão alicerce contra a escuridão! Sua verdade, Deus escuta e sabe o que tem em seu coração. Quanto aos odiosos, aos cegos, que não compreendem o que é ser “humano”, que acreditam na perversidade da mídia e se afogam no veneno dos próprios pensamentos ruins, que aprendam um dia a olhar com mais amor, aquele que enfrenta um problema familiar. Um problema, onde as pessoas envolvidas foram expostas por uma mídia sem escrúpulos, sem ética e qualquer tipo de empatia pela vida do outro. O que houve foi contenção à uma mulher que estava em surto emocional, fato que nunca houvera antes, ocorrido em nossa família e de tal maneira, tão descontrolada. Uma pessoa que estava convivendo conosco pouco tempo e que trouxe uma carga emocional e um comportamento estranho, de invadir uma casa, um quarto, um banheiro, de uma mulher mais velha (minha mãe) e quebrar objetos de vidro pela casa, podendo ter se machucado, ou nos machucado. No mínimo, minha mãe merecia mais respeito, dentro de sua própria casa. Ainda fez um bolo de aniversário e recebeu a ex-nora em sua casa na noite anterior com carinho e aconchego. Fico me perguntando, qual o motivo para tamanho surto, sendo que sempre foi tratada com respeito. Hoje ela recebe uma pensão digna de se desculpar perante o país inteiro, por ter provocado tamanho caos. Ameaçou sair para rua, no dia do ocorrido, com uma bebê de colo, sem nenhuma segurança e controle emocional. Deveria se desculpar, pois o pai dos filhos dela é um pai presente e que participa da educação dos filhos com honra. Mas ela também terá sua lição, Deus tarda mais não falha. Ainda assim peço paz ao coração dessa pessoa, pois é a mãe dos meus sobrinhos. Aqueles que nunca erram e se comportam como juízes da vida alheia, não escaparão de aprendizados pesados com relação aos julgamentos baixos. Que a justiça divina seja feita! E o tempo limpe. “Que só o tempo apenas, o tempo nos ensina a viver”. Vamos com fé e força! Segue firme, meu irmão, que a escuridão é grande, mas tua luz é maior!

Uma publicação compartilhada por @ paula.chavesz em

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários