Carla Vilhena detona Justus após entrevista sobre uma possível candidatura à Presidência

Ela critica o apresentador que também fala sobre as mulheres: 'A entrevista toda é abominável. Fiquei horrorizada'

Por O Dia

Carla Vilhena
Carla Vilhena -
Carla Vilhena sempre adotou o estilo sincera demais nas redes sociais. Volta e meia, ela opina sobre várias questões e até faz críticas sobre aos últimos acontecimentos do país. A entrevista que o apresentador Roberto Justus deu à revista 'Veja' foi demais para a jornalista, que usou as redes sociais para dar um conselho às mulheres: "Amiga novinha, siga o conselho que te dou - e que um dia meus pais deram pra mim: estude, trabalhe, se esforce, seja independente. Nunca pense que seu sucesso precisa estar relacionado ao casamento com alguém assim".
Na entrevista, além de afirmar que seria um candidato mais preparado do que Luciano Huck para concorrer à Presidência da República, Justus se gaba de ter uma mulher jovem e diz que o apoio de um homem é importante na vida de uma mulher. "Gosto que ela seja útil. Se não fosse, não daria certo. Uma embalagem bonita — e ela é muito bonita — acaba com o tempo. Mas, mesmo com sua independência, eu falo que ela precisa da força masculina. O ombrinho do homem dá uma proteçãozinha". 
Carla Vilhena também não gostou de forma que ele opinou sobre as mulheres mais maduras e como se posiciona na questão da terceira idade, já que é um homem de 64 anos. "Eu me recuso a parar o carro na vaga de idoso. Agora, no avião, quando tem fila para entrar, aí vou na de idoso. Odeio ficar em fila. Acredito que a população está prolongando a juventude. Veja as mulheres de 50 anos: com todos os recursos estéticos e de saúde, elas ainda são muito interessantes. Antigamente, ao passar dos 50, eram velhas e feias. Hoje, são umas gatas, dá para fazer alguma coisa".
Carla recebeu várias mensagens dos seus seguidores e respondeu: "A entrevista toda é abominável. Fiquei horrorizada', disse para uma seguidora e depois completa para outra pessoa: "Tem que aprender com essa entrevista. Aprender a evitar gente assim".
 
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários