'Nunca vou perdoar a Rose por ter mentido para mim', diz mãe de Gugu Liberato

Maria do Céu revela que a mãe dos seus netos os deixou sozinhos nos Estados Unidos para vir ao Brasil armar briga na Justiça

Por O Dia

Gugu Liberato
Gugu Liberato -
Depois de pouco mais de dois meses da morte de Gugu Liberato, Maria do Céu, mãe do apresentador, fala primeira vez da morte precoce do apresentador. Em entrevista à revista Veja, ela conta também detalhes da relação com o filho e assume estar decepcionada com Rose Miriam di Matteo por conta da briga na Justiça pela herança de Gugu, que pode chegar ao valor de R$ 1 bilhão.
"A gente era uma família muito feliz (chora). Nunca vou perdoar a Rose por ter mentido para mim, dizendo que iria fazer um retiro religioso enquanto largou meus netos sozinhos nos Estados Unidos para vir ao Brasil armar essa briga na Justiça. Quando o Gugu estava aqui, a família almoçava inteira na casa dele aos domingos".
Religiosa, a mãe do apresentador, de 90 anos,  disse que Toninho, como os mais próximos chamavam Gugu, "está olhando por ela" e que sente muitas saudades do filho ."Fiquei revoltada no começo, mas sou católica e tenho de acreditar que Deus vai me dar forças. Rezo muito, o tempo todo. Quando começo a chorar, falo assim: 'Meu filho, por favor, faça com que eu não chore mais'. Lá do céu, o Toninho está olhando por mim", lamentou e completou: "Eu choro muito, sempre escondido dos outros filhos. Tenho muitas saudades."
E a polêmica sobre a herança de Gugu Liberato continua. Segundo ainda a reportagem, no mesmo dia em que o apresentador foi sepultado, dia 29 de novembro, a família se reuniu para conhecer os desejos dele em testamento, feito em 2011. Ele distribuiu a herança da seguinte forma: 75% para os filhos (João Augusto, 18 anos, e as gêmeas Sofia e Marina, de 16) e 25% para os cinco sobrinhos. Maria do Céu, de 90 anos, mãe do apresentador, ficou com uma espécie de pensão vitalícia. Rose Miriam di Matteo, a mãe dos seus três filhos, não recebeu nada.
Ainda de acordo com a reportagem, Rose assinou o documento, mas logo em seguida contratou o advogado Nelson Wilians para entrar com uma ação de reconhecimento de união estável. Ela pretende anular o testamento para ficar com 62,5% de toda a fortuna.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários