Motorista tenta justificar assédio: 'usava short tipo Anitta' e cantora se pronuncia

Poderosa repudia o comentário do condutor: 'tenta justificar o injustificável'

Por O Dia

Anitta rebate comentário de motorista de aplicativo acusado de assédio
Anitta rebate comentário de motorista de aplicativo acusado de assédio -
Após ser acusado de assediar uma adolescente de 17 anos, em Porto Alegre, durante uma corrida pela empresa UBER, o motorista de aplicativo que transportava a jovem tentou justificar sua postura durante a viagem. "No vídeo que ela  postou me denegrindo ela está sorrindo e em posições que eu prefiro não citar. Ela também estava usando um short tipo Anitta, pernas abertas, chamando atenção", disse o motorista que foi banido da plataforma de viagens de carro, após a passageira menor de idade gravar o momento em que disse ter sido assediada por ele e tê-lo denunciado em uma Delegacia da Mulher.
Ao tomar conhecimento das declarações do motorista, Anitta não gostou nada! "Acabei de receber este vídeo onde o motorista de uber que assediou uma passageira menor de idade tenta justificar o injustificável (seu assédio) dizendo que a menina estava usando um short 'tipo Anitta' e sentada numa posição favorável ao assédio. Nada justifica um assédio. A forma de se vestir, sentar, falar etc não significa qualquer autorização ou pedido ou convite a ser assediada e/ou invadida, abusada, estuprada etc", disse a cantora
A Poderosa ainda descreveu o que significa para ela usar um 'short tipo Anitta'. "Quanto à menina estar usando um short 'tipo Anitta', pra mim significa que ela é independente, não tem medo de ser quem ela quer e, acima de tudo, bem inteligente pra denunciar e expor um assediador para que outras meninas não passem pelo mesmo que ela", declarou.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários