'Vivemos numa sociedade em que pessoas de cor de pele preta são marginalizadas', diz Nego do Borel

Cantor falou com a coluna sobre a rejeição dos pais de Duda Reis ao relacionamento da filha com ele

Por O Dia

Nego do Borel
Nego do Borel -
Desde que assumiu seu namoro com Duda Reis, Nego do Borel foi alvo de uma sucessão de críticas por parte da família da atriz. O cantor falou com a coluna em primeira mão e disse que sua cor de pele e o fato de ter vindo de uma comunidade - a do Borel - influenciou os pais de sua namorada. Simone e Luiz são médicos bem-sucedidos. Veja as considerações de Nego do Borel: 
"Eu fico muito triste por ver como as coisas estão acontecendo em relação aos pais da Duda. Todas as relações tem seus altos e baixos e graças a Deus conseguimos superar os nossos. Infelizmente ainda vivemos numa sociedade em que pessoas de cor de pele preta ou vindas de comunidade, são muito marginalizadas, mesmo que a gente tenha conseguido mudar de vida com o suor do nosso trabalho honesto.
Em respeito ao amor que tenho a Duda, prefiro não me pronunciar a guardar tudo o que já ouvi e li sobre a opinião dos pais dela em relação ao nosso amor. No que depender de nós, só será usado em casos extremos. O que não acredito que vai acontecer, pois tudo o que mais quero é o respeito da família e de todos que estão a nossa volta. Porque quando se trata de amor, não tem cor. A gente se apaixona. No amor não existe isso, você ama porque você admira, você se inspira, se sente bem. A Duda é muito importante pra mim em todos os sentidos. Ela é uma mulher incrível, que eu admiro e respeito muito, como namorada, como profissional, como pessoa. Ela me inspira a ser cada dia melhor. Quero cuidar, amar, respeitar e ser muito feliz com ela a vida toda. E tenho me esforçado muito para fazer isso. Ela merece todo amor do mundo, e eu vou dar", disse Nego do Borel à coluna.

Comentários