Gabriela Pugliesi deixa as redes sociais

A Influencer recebeu muitas críticas por conta da festa em sua casa durante a quarentena do coronavírus

Por O Dia

A influenciadora digital Gabriela Pugliesi testou positivo para o coronavírus
A influenciadora digital Gabriela Pugliesi testou positivo para o coronavírus -
No final da tarde desta segunda-feira (27), a influencer Gabriela Pugliesi deixou as redes sociais. Depois de perder milhares de seguidores, ver contratos suspensos e receber uma tempestade de críticas, ela decidiu dar um tempo na internet. E toda essa confusão aconteceu por causa da festa que ela resolveu dar em sua casa durante a quarentena do coronavírus.

A reunião de amigos aconteceu na noite de sábado (25) em São Paulo, e causou grande repercussão nas redes sociais. Aliás, o marido de Pugliesi, o empresário Erasmo Viana, também fechou as suas contas. Até a conta sair do ar, a influencer tinha perdido mais de 133 mil seguidores nas últimas 24 horas.

Ela, que já teve covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, postou fotos e vídeos do evento em sua conta no Instagram - em um deles, dizia "f*-se a vida". A festa teria sido organizada para receber sua amiga, Mari Gonzalez, que saiu do programa Big Brother Brasil na última terça-feira (21 de abril). Nem a anfitriã nem os convidados usavam máscara.
Os seguidores a criticaram por furar a quarentena e ir contra as recomendações de isolamento social da Organização Mundial da Saúde para conter a pandemia do novo coronavírus. O burburinho na internet fez com que as marcas como Desinchá, Evolution Coffee, Hope, LBA, Mais Pura, Rappi, Liv Up e Baw fossem ao Instagram para informar que a parceria com Gabriela Pugliesi havia sido cancelada.
Gabriela chegou a pedir desculpas no Instagram, mas o estrago já era grande:"Estou extremamente arrependida, estou mal comigo mesma, fui irresponsável, imatura, e mais uma vez quero pedir desculpas. Errei porque não é para juntar gente em casa, porque tem gente passando dificuldade, porque é ofensivo, não ajuda ninguém nesse momento".
 

Comentários