Quantas Gabrielas Pugliesi temos espalhadas por aí?

Esta colunista se deparou com muitas informações e fotos de pessoas que estavam furando a quarentena

Por O Dia

Com febre, Gabriela Pugliesi foi para o Hospital Albert Einstein
Com febre, Gabriela Pugliesi foi para o Hospital Albert Einstein -
Abril não foi um mês muito bom para a influencer Gabriela Pugliesi. Em meio à quarentena estabelecida para tentar diminuir o número de contaminação pela Covid-19, a blogueira resolveu dar uma festa para 'comemorar' a volta de Mari Gonzalez, que estava confinada na casa do 'Big Brother Brasil'. Gabriela ERROU. E errou feio. Mas será que você, meu querido leitor, que julgou, condenou e crucificou a moça está sendo justo?
Por que a pergunta? Na última quinta (30), esta colunista se deparou com muitas informações e fotos de pessoas que estavam furando a quarentena e percebeu que, mesmo as publicadas aqui nessa coluna, não sofreram o mesmo julgamento que Pugliesi. Quer ver? Vamos a alguns exemplos:
Mari Gonzalez, que durante toda casa do 'BBB' se dizia tão justa, deixou a amiga apanhar em praça pública e não se manifestou para dividir o fardo com Gabriela. Algumas amigas desconhecidas da moça, mas que se dizem influencers ainda tentaram ajudar a carregar as acusações... Mas Mari? Nada! E nem por isso o público crucificou ou cobrou satisfações da ex-sister como fez com a outra.
Vale lembrar que você sair para fazer qualquer atividade que não seja de primeira necessidade é considerado um desrespeito à quarentena. Você ir a casa de um amigo, sair de carro para dar uma volta pela cidade, fazer um churrasco em casa e convidar amigos, trazer seu personal para o condomínio para dar aula, enfim... Esses pequenos atos podem causar o mesmo problema que a festa de Pugliesi para saúde pública.
Amauri Soares, homem poderoso da TV Globo, uma das maiores divulgadoras dos casos de coronaviíus, já foi visto andando na orla carioca, com pessoas caminhando próximas a ele. Isso também é furar a quarentena e o jornalista nem pode alegar falta de informação. Paulinho Vilhena surfando na praia, Felipe Prior em estúdio de tatuagem, Yasmim Brunet e Gabriel Medina indo para a praia surfar, a ex-BBB Ivy indo à casa de Naiara Azevedo... Tudo isso é desrespeitar o isolamento social. E não venham me dizer que estavam de máscaras, porque só essa medida não é o suficiente para a contenção da contaminação.
Gabriela Pugliesi, por ter ingerido álcool, acabou se entregando, mas comecem a fiscalizar quantos famosos burlam a quarentena e não são julgados com o mesmo rigor apenas por conseguirem esconder. Um único indivíduo, no Brasil, contamina outros três, o que em números hoje representam mais de 95 mil infectados e 7 mil mortes. É importante lembrar que a contaminação no país começou com um único individuo que trouxe o vírus para cá.
Pugli teve um único azar: quando disse "foda-se a vida", ela não contava que um anjo passaria e diria "amém" para sua frase!

Comentários