Filho de Flávio Migliaccio não teve acesso à carta do pai

Marcelo Migliaccio confirmou que a letra é de Flávio

Por O Dia

Flavio Migliaccio
Flavio Migliaccio -
A carta que Flávio Migliaccio deixou escrita ainda não chegou nas mãos de Marcelo, filho do ator. Na manhã desta segunda-feira (4), o jornalista recebeu um telefone do caseiro do sítio da família, em Rio Bonito, avisando que o pai dele tinha morrido. Marcelo, então, foi para o sítio. Ao chegar no local, encontrou os policiais. A carta em questão tem duas laudas e já estava com a polícia. Os PMs pediram para que Marcelo fosse até a delegacia de Itaboraí para resgatar a carta, mas o jornalista passou o dia no IML de Alcântara para resolver as questões da liberação do corpo e do sepultamento, por isso não teve acesso ao que o pai escreveu. Apenas o caseiro foi depor na polícia. A foto que circula na internet da carta foi feita pela mulher do funcionário do sítio. Marcelo assegura que a carta é realmente do pai. Ele reconheceu a letra do ator pela foto.  
Pessoas próximas à família dizem que Flávio estava triste com a velhice. "Ele já não enxergava direito e não ouvia muito bem. Como sempre foi muito ativo na vida, Flávio não se conformava com as limitações da idade", disse uma amiga à coluna.
Marcelo, é claro, está triste, mas tentando entender os motivos que levaram o pai a atentar contra a sua própria vida. O que deixou o jornalista indignado foi que as fotos do ator morto foram parar nas redes sociais.
Ao saber disso, esta colunista procurou Sylvio Guerra, advogado da família: "Marcelo ficou indignado com os dois policiais que fizeram a ocorrência. Eles fotografaram o Flávio enforcado e colocaram nas redes sociais. As fotos estão espalhadas e é um desrespeito à família. Um verdadeiro absurdo", disse Guerra.
A coluna recebeu a foto, mas é claro que ela não será publicada.

Comentários