Nude vazado causa alvoroço no mundo do samba

Foto de Mestre Vitinho nu circula por grupos de WhatsApp

Por O Dia

Mestre Vitinho
Mestre Vitinho -
Essa quarentena tava meio desanimada, né, minha filha? Pois chegou de repente no celular desta colunista que vos escreve um nude arrebatador de Mestre Vitinho, o novo mestre de bateria do Império Serrano. Na última quarta-feira (20), ele ocupou na escola o lugar que pertencia a Mestre Gilmar. Na manhã desta quinta-feira (21), os grupos de WhatsApp das mulheres imperianas não param quietos. Todo mundo comentando (e nem dá pra ser diferente, desculpa minha gente) os atributos do rapaz. 
Depois de ver a foto, essa coluna formada exclusivamente por mulheres, deseja apenas saúde e vida longa a Mestre Vitinho. 
Bom, se interessar pra alguém, a gente conta aqui sobre a nota que a escola enviou à imprensa sobre a nova aquisição da agremiação: 
"Em sua essência, o Império Serrano sempre priorizou a base familiar como principal pilar de suas tradições, e um dos principais exemplos disso é a linha de sucessão no comando da Bateria Sinfônica do Samba.

Em 1950, o Mestre Alcides Gregório assumiu a Bateria do Império Serrano após a morte do Mestre Bita, comandando a Sinfônica por sete carnavais. A partir de então, seu filho, que viria a ser conhecido como Mestre Faisca, passou a ter uma convivência estreita com todos os instrumentos de percussão. Em 1964, aos 16 anos de idade, Faisca fundou a Bateria da Escola Mirim Império do Futuro, antes de se tornar Diretor da Sinfônica e ganhar o Estandarte de Ouro como revelação dois anos depois.

Como um fruto não cai longe do pé, a Bateria do Império do Futuro, fundada anos antes pelo Mestre Faisca, foi o palco do início da caminhada de seu filho Vitinho, que desfilou como ritmista, sob o comando do Pretinho da Serrinha entre 1996 e 1999. Entre os anos de 2014 e 2016, Vitinho desfilou como ritmista na Sinfônica.

Assim como para todo imperiano de coração, o Império Serrano é para o Mestre Vitinho, uma escola de família, de raiz, de tradição. Principalmente por isso, e por toda a competência que tem demonstrado no mundo do samba todos esses anos, o Mestre Vitinho vai buscar dar seguimento com excelência ao trabalho de seu avô, Mestre Alcides Gregório, do seu pai, o Mestre Faisca, além de tantos outros como mestre Birão, Vanderlei, Silvio Manoel, Alcides Gregório, Macarrão, Átila Gomes, ciente da extrema responsabilidade e entendendo que a estrela maior é a Coroa Imperial.

Este dia 20 de maio de 2020 é bastante especial para o Império Serrano e toda a Nação Imperiana, além do mundo do samba, pois estamos presenciando um fato histórico e jamais visto no Carnaval Carioca. A partir desta data, oficialmente, o Mestre Vitinho é o novo Mestre de Bateria da Sinfônica do Samba do Império Serrano, e nossa bateria se torna a primeira a ser comandada por três gerações, pai, filho e avô, na história do Maior Espetáculo da Terra!".

Comentários