'Fui induzida pela Marlene a me demitir', diz Andrea Sorvetão

Ex-paquita revelou que teve problemas com a ex-diretora dos programas de Xuxa Meneghel

Por O Dia

"A Marlene ligou me descascando. Eu não pude nem abrir a boca", disse Sorvetão a Bruno De Simone -
Em entrevista para o canal 'Na Real' do youtuber Bruno de Simone, Andrea Sorvetão relembrou os seus tempos de paquita da Xuxa e revelou o motivo de sua saída do grupo: "Eu fui induzida pela Marlene a me demitir".
Sorvetão contou que gostaria de ter continuado trabalhando com a Xuxa, com quem mantinha uma ótima relação, mas que os problemas que teve com a ex-diretora, Marlene Mattos, a magoaram muito. "Tudo o que acontecia vinha como um turbilhão pra cima de mim. E aquilo foi me chateando, foi me magoando, mexia muito comigo", contou.
Segundo a ex-paquita, Marlene falava o que vinha à cabeça e pegava pesado nas broncas que aconteciam, inclusive, na frente de outras pessoas.
Andrea relembrou o momento que a levou a pedir demissão, quando precisou se ausentar de um dos shows do grupo por problemas de saúde e, em seguida, recebeu uma ligação de Marlene. "A Marlene ligou me descascando. Eu não pude nem abrir a boca. Da minha cabeça não saia 'eu não mereço ouvir isso'". Foi então que Sorvetão, aos 16 anos, pediu para deixar as Paquitas. "Eu disse 'Marlene, tá bom. Chega! Eu saio do grupo'". "Teve um momento em que a Xuxa pediu para eu ficar. E eu chorando e falando 'Eu não consigo'".
Anos mais tarde, Andrea Sorvetão voltou a trabalhar com Xuxa e Marlene, e diz entender isso como um pedido de desculpas da ex-empresária. "Passou. Foi uma época em que todo mundo estava num momento muito à flor da pele em tudo. Olhando hoje para trás, eu deveria ter dito 'Tá, eu vou ficar. Mas, por favor, Marlene, não fale essas palavras'. Eu poderia ter feito isso, mas eu não tinha forças, entendeu? Porque era óbvio que eu queria continuar com as Paquitas".
A entrevista completa vai ao ar hoje, às 17h, no canal 'Na Real', no Youtube.

Comentários