Ana Paula Henkel tem novo discurso homofóbico e transfóbico vindo à tona

Sem saber, ex-jogadora ainda tentou desmentir sua fala preconceituosa para o próprio irmão da vítima que a denunciou em uma delegacia

Por O Dia

Ana Paula Henkel
Ana Paula Henkel -
Depois que esta coluna divulgou com exclusividade o caso de homofobia registrado pelo assessor Alexandre Alvim contra a ex-jogadora de vôlei Ana Paula Henkel, o episódio tomou uma repercussão tão grande que o rapaz começou a ser contatado por outras pessoas que afirmam também terem sofrido preconceito da atleta. 
Em um dos casos, Ana Paula teve discurso transfóbico com uma internauta. "Minha filha, tem espelho na sua casa? Você parece um travesti. Hahaha. Olha seu cabelo, sua roupa, seu corpo. Olha você. Put* que pariu. Você é feia demais", disse Ana Paula à estilista Andressa, da Callicore Moda Sustentável. Na tréplica, a stylist disse: "melhor ser feia do que envergonhar uma nação sendo uma fascista, racista e apoiadora de genocida contra a democracia. Sentiu a diferença? Uma feiura vem de fora, a outra está entranhada na sua falta de caráter."
Ana Paula Henkel tem discurso transfóbico com uma estilista - Reprodução Instagram
Já em outra resposta, a ex-jogadora voltou a ter falas homofóbicas. "Viado feio que chama, né? Hahaha. Bicho, tu é brega demais. Hahaha", disse Ana Paula ao produtor cultural Ian Sena, após ele comentar em uma das publicações dela sobre o ministro Alexandre de Morais, do STF, com a seguinte frase: "Queiroz tá preso." A resposta de Ana a Ian foi parecida com o primeiro caso relatado por esta colunista nesta terça-feira (24). Ela chamou o assessor Alexandre Alvim de  ‘bicha’ e ‘brega’, discurso que fez o rapaz registrar um boletim de ocorrência por homofobia e injúria contra a ex-atleta, em uma delegacia em Atibaia, São Paulo.
Ana Paula Henkel tem novo discurso homofóbico, desta vez, com produtor cultural - Reprodução Instagram
E pensa que acaba por aí? Que nada. Irmão do Alexandre, o ex-jogador de handball Silvio Alvim, que disputou as Olimpíadas de Beijing, fez uma crítica às falas preconceituosas de Ana Paula Henkel. E não é que a ex-jogadora foi lá desmentir a história? "Eu não escrevi isso. Esse print é falso. Não falo dessa maneira. Se me conhecesse ou se tivesse escolhido checar, como outros, inclusive gays fizeram, saberia. Vergonha é se render ao aplauso fácil, é atacar os outros para pagar pedágio ideológico, é sinalizar virtude contra pessoas que pensam politicamente diferente de você. [...] Fui xingada de nomes impublicáveis injustamente. Minha família e meu filho foram ameaçados, e mesmo assim sigo bloqueando pessoas covardes e encaminhando ofensas graves à polícia", escreveu Ana.
E a tréplica veio de forma beeeeem direta. "Obrigada por responder. Esse print não é falso, não. Sabe por que eu sei disso? Porque eu chequei com a pessoa ao meu lado na mesa do café da manhã, meu irmão. A pessoa que através do seu Instagram você ofendeu. [...] Conheço meu irmão, que é uma pessoa maravilhosa, e sei da índole dele. Já você conheço pelos comentários infelizes que faz. E isso leva a todos, não só a mim, julgarem você por isso", respondeu Silvio, que em seguida começou um debate político com Ana Paula.
Alexandre Alvim assumiu ter feito um comentário no post que Ana Paula foi acusada de racismo ao escrever "12% negros, 62% dos roubos, 56% dos assassinatos. Faça as contas", sem explicar o que os números significavam. Na madrugada deste domingo (21), em uma das suas publicações, a ex-jogadora da seleção brasileira de vôlei respondeu o assessor com ofensas homofóbicas e o bloqueou das redes sociais.
Sem saber, Ana Paula Henkel tenta desmentir assessor que registrou boletim de ocorrência contra ela para o próprio irmão do rapaz - Reprodução Instagram
Sem saber, Ana Paula Henkel tenta desmentir assessor que registrou boletim de ocorrência contra ela para o próprio irmão do rapaz - Reprodução Instagram
 

Galeria de Fotos

Ana Paula Henkel Reprodução
Ana Paula Henkel tem discurso transfóbico com uma estilista Reprodução Instagram
Ana Paula Henkel tem novo discurso homofóbico, desta vez, com produtor cultural Reprodução Instagram
Sem saber, Ana Paula Henkel tenta desmentir assessor que registrou boletim de ocorrência contra ela para o próprio irmão do rapaz Reprodução Instagram
Sem saber, Ana Paula Henkel tenta desmentir assessor que registrou boletim de ocorrência contra ela para o próprio irmão do rapaz Reprodução Instagram

Comentários