Juiz nega pedido de segredo de Justiça para Antônia Fontenelle

Magistrado entendeu não haver motivos para segredo de Justiça uma vez que o processo começou por conta de uma discussão pública

Por O Dia

Antônia Fontenelle
Antônia Fontenelle -
Antônia Fontenelle teve mais um pedido negado no processo que os irmãos Felipe e Luccas Neto moveram contra ela, após a apresentadora associá-los ao crime de pedofilia. Depois de tentar -sem sucesso - suspender a liminar que a obriga a apagar os vídeos dos youtubers de suas redes sociais, agora Antônia teve seu pedido de segredo de Justiça indeferido pelo juiz.
Na decisão, o magistrado alega ser "impossível desconsiderar a natureza desta própria demanda, eis que ela diz respeito justamente à discussão quanto à conduta da própria ré (Antônia) em tornar pública a divulgação de determinados vídeos". Agora em português claro: o juiz entendeu não haver motivos para segredo de Justiça uma vez que o processo começou por conta de uma discussão pública levantada pela própria apresentadora em suas redes sociais.
Na mesma decisão, o magistrado ainda fixou uma nova multa no valor de R$ 7 mil, que seria somada à primeira multa de R$ 5 mil, caso os vídeos permanecessem no ar. Coincidência ou não, acabou que nem precisou de uma nova multa para que a publicação saísse da página de Antônia. A própria apresentadora jura bem jurado que, na manhã deste domingo (28), ela acordou e percebeu que os vídeos haviam sido deletados pelo Instagram após denúncias.
"Ontem de madrugada, os robôs devem ter trabalhado muito, porque derrubaram o vídeo que eu postei. O vídeo que tá rolando na internet e que eu postei e deu origem ao processo que está longe de acabar. Quero deixar claro que eu não retirei. Não pra encarar judiciário ou pra ser a f*d*n@ que descumpre ordem. Mas esse assunto ainda vai ser muito discutido e eu tenho certeza de que eu não iria precisar de retirar o vídeo. Mas, enfim... derrubaram o vídeo. Deve ter sido muita denúncia. Mas nada me impede de postar coisa pior que eu tenho aqui", disse a apresentadora.
Ainda bem que os robôs trabalharam muito na madrugada, não é? Já pensou ter que desembolsar R$ 12 mil em pleno período de pandemia por conta dos vídeos ainda estarem no ar? Agora vai pagar só a primeira multa R$ 5 mil, o que na opinião desta colunista já é salgado, mas dói bem menos no bolso, né?

Comentários