Zezé di Camargo e Zilu Godoi
Zezé di Camargo e Zilu GodoiReprodução/Montagem
Por O Dia
Publicado 12/08/2020 05:00 | Atualizado 12/08/2020 08:30
A coluna procurou Zezé di Camargo, após descobrir que ele saiu vitorioso dos três processos que tinha contra sua ex-mulher, Zilu Camargo. Ao contrário do esperado, o sertanejo revelou que não está comemorando as decisões favoráveis a ele. "Não estou comemorando a vitória sobre a minha ex, por quem tenho respeito e com quem tive meus três lindos filhos. Estou feliz pela vitória da Justiça e da verdade que sempre deve prevalecer", disse o sertanejo com exclusividade à coluna.

Galeria de Fotos

Zilu Godoi Reprodução
Zilu Godoi Reprodução
Zilu Godoi Reprodução
Zilu Camargo Reprodução / Instagram
Zilu Camargo e o novo namorado Antônio Casagrande reprodução Instagram
Zezé di Camargo Reprodução
Zezé Di Camargo e Graciele Lacerda Reprodução Internet
Zezé Di Camargo no 'Domingão do Faustão' Reprodução
Zezé Di Camargo Ag. News
Zezé di Camargo e Zilu Godoi Reprodução/Montagem
Publicidade
Em sentença publicada ontem, a juíza Natalia Assis anula o processo de número 1008743-20.2018.8.26.0529, no qual Zilu pedia a anulação e revisão de todos os acordos de partilha feitos anteriormente com Zezé, alegando ter sido vítima de ameaça e golpe na hora de assinar o que foi acordado. Mas o juiz entendeu que ela não reuniu provas válidas suficientes que embasassem suas acusações. Foi neste processo que os filhos de Zilu e Zezé saíram em defesa do pai. Caso Zilu saísse vitoriosa nesta batalha judicial, ela passaria a ter direito a herdar grande parte do patrimônio do sertanejo, inclusive os bens adquiridos após a separação, já que eles se casaram em comunhão total de bens.
Publicidade
A decisão ainda extingue outra ação, de número 1007311-29.2019.8.26.0529, na qual Zilu pedia anulação de parte do acordo de pensão alimentícia, pois queria passar a receber a pensão de forma vitalícia. Neste processo ela também cita ameaça e golpe, mas o juiz entendeu que não há necessidade de pensão vitalícia no caso de Zilu.
O terceiro processo que Zilu perdeu é de número 0004618-89.2019.8.26.0529. Nesta ação ela foi obrigada a passar uma procuração em nome de Zezé para que ele administrasse, de forma isolada, a fazenda da família de 1500 hectares, que possui 6 mil cabeças de gado. A administração da fazenda em nome de Zezé ficou acordada entre as partes no momento da partilha, em 2018, mas Zilu vinha se recusando a fazer a procuração. Os advogados de Zezé então entraram com a ação para que ela cumprisse com o acordo.