Bárbara Evans detona ex da mãe após ser acusada de pivô do fim da relação: 'Cara de pau'

A modelo diz que não tem o poder de separar pessoas que se amam e revela que teria muitas verdades para contar

Por O Dia

Bárbara Evans
Bárbara Evans -
Bárbara Evans não gostou nada de ter sido apontada como pivô do fim do relacionamento de Monique Evans com a DJ Cacá Werneck. E quem jogou isso no ventilador foi a própria ex-namorada da mãe da modelo e influencer. "Gente, eu tenho a minha vida, eu cuido do meu marido e da minha casinha. A minha mãe já bem grandinha assim como a Cacá e as duas já são bem crescidinhas para cuidar da relação delas. Eu sempre ajudei quando existia um problema, escutava uma e escutava a outra. Agora se uma não quer mais, eu não tenho nada a ver com isso. Vocês acreditam mesmo que eu tenho o poder de separar duas pessoas que se amam? Ninguém tem esse poder", começou Bárbara no desabafo publicado em seus stories nesta quinta-feira (8).
"Eu não quero mal de ninguém. Como eu posso querer tirar uma pessoa da outra. Acho injusto e o que mais me choca é ver a Cacá contar tantas mentiras em um programa de televisão. É muito cara de pau! O mais triste é não aceitar o término e ainda por cima me culpar, falar mal da minha família em rede nacional. É uma coisa triste, uma coisa tão do mal e inventando tantas coisas. Eu tenho tantas coisas para falar, só que eu não sou igual a você e eu não vou falar. Se eu fosse falar de você, eu só falaria a verdade e olha que tem muitas coisas para falar, mas eu não sou como você", pontuou Bárbara. 
Antes do anúncio do fim a relação, Bárbara contou que não se incomodava com a bissexualidade da mãe, Monique, ao responder perguntas de seus seguidores do Instagram. Ao ser questionada de sua opinião sobre o namoro da mãe com a DJ Cacá Werneck, assumido em 2014, a modelo de 29 anos afirmou que, para ela, 'o que importa é ter amor'.

Comentários