Lima Duarte

 - Divulgação
Lima Duarte Divulgação
Por O Dia
Publicado 09/10/2020 17:58 | Atualizado 09/10/2020 19:34
Lima Duarte, que fez par romântico com Regina Duarte, em' Roque Santeiro', na Globo em 1985, criticou a passagem da colega de profissão pela Secretaria de Cultura do governo Bolsonaro. Foram dois meses de período que o Sinhozinho Malta classificou como uma gestão 'vergonhosa e lamentável'' e completou: “A Chapeuzinho Vermelho se encantou pelo Lobo Mau. Acho que os agentes culturais estão no mesmo nível do presidente, um prato raso. A sabedoria, a inteligência e a arte estão sendo perseguidas de todas as maneiras. Mas isso vai passar, tudo passa. E o brasileiro sobreviverá.” 
O veterano ator ainda lembrou durante uma entrevista a revista Poder que foi convidado para ser vice-presidente na chapa de Mário Covas na disputa à Presidência da República em 1989 pelo PSDB, mas não foi para frente. Mesmo assim, Lima tinha declinado o convite. “Não tenho essa vocação. Fico pensando se eu tivesse aceito, como teria sido. Nunca vi nenhum ator ou atriz entrar para a política e dar certo.”
Publicidade