PSL de Bolsonaro vira oposição a Witzel, mas mantém cargos

Partido divulgou nota sobre saída do governo, mas ignora indicações; secretário diz que 'nada muda'

Por CÁSSIO BRUNO

Secretário de Estado de Ciência,Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues
Secretário de Estado de Ciência,Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues -
RIO - Por ordem do senador Flavio Bolsonaro, a bancada do PSL, na Alerj, oficializou ontem a saída da base de apoio do governador Wilson Witzel (PSC). Mas... não se pronunciou sobre cargos. Dos 12 parlamentares do partido, ao menos sete fizeram cerca de 40 indicações em secretarias e órgãos do estado. Sem contar com os aliados que ocupam as duas pastas comandadas pela legenda. Leonardo Rodrigues, secretário de Ciência e Tecnologia, não atenderá Flavio. Ele, aliás, é suplente do senador, mas deve deixar a sigla. “Nada muda. Continuo secretário”, afirmou, em nota. Rodrigues ficará com Witzel na briga com os Bolsonaro.

GOVERNADOR DEVE ESPERAR POR VOTAÇÕES

Major Fabiana, secretária estadual de Vitimização e Amparo à Pessoa com Deficiência, elegeu-se deputada federal pelo PSL. Procurada, ela não retornou. Os sete deputados estaduais do PSL com cargos no governo do Rio são: Rodrigo Amorim, Gustavo Schmidt, Alexandre Knoploch, Filippe Poubel, Marcelo do Seu Dino, Gil Vianna e DR. Serginho. Witzel, que retorna hoje de Paris, vai esperar as votações na Alerj para se movimentar. Ele é pré-candidato à Presidência, em 2022, contra Jair Bolsonaro, que tentará a reeleição.

DEPUTADO NÃO COMENTA SOBRE PAI E MÃE

O deputado Alexandre Knoploch (PSL), por exemplo, empregou a família no governo Witzel. Maurício Silva Knoploch dos Santos, pai do parlamentar, dá expediente na Câmara Metropolitana, como revelou a Coluna em abril. A mãe dele, Márcia Gomes Knoploch dos Santos, está contratada por uma empresa que presta serviços à Faetec. Ontem, ele anunciou que deixará de ser vice-líder do governo na Alerj, mas não esclareceu se entregará os cargos. Procurado pela Coluna, o deputado não comentou.

FOI CASSADO E CONTINUA NO CARGO

Pré-candidato à reeleição, o prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa (PR), teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Leitoral (TRE-RJ). O órgão atendeu a uma representação do Ministério Público, que acusou Lisboa de não declarar, nas contas da campanha de 2016, um escritório que mantinha como deputado estadual. Como é primeira instância, cabe recurso e ele permanece no cargo. Em nota, Lisboa disse que respeita a decisão e já recorreu.

DEMOCRATAS DE OLHO NO MDB

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, quer ficar com o espólio do MDB, alvo da Lava Jato, no Rio. O deputado passou o fim de semana filiando gente no DEM. Sábado, o colega e emedebista Vinícius Farah estava com Maia em Rio das Flores.

MAIS POLÍTICOS ESTÃO NO ALVO

Outros políticos do MDB também estão na mira de Rodrigo Maia. Daniela do Waguinho, pré-candidata a prefeita em Belford Roxo, e Bernardo Rossi, prefeito de Petrópolis, são apenas alguns exemplos.

FIM DA NOVELA DA ESTAÇÃO?

Está marcado para a próxima quinta-feira, às 14h, a audiência sobre a retomada das obras da estação Gávea do metrô. A decisão sobre o pedido do Ministério Público será do juiz Marcelo Martins Evaristo da Silva, da 16ª Vara de Fazenda Pública.

OUTRO TUCANO FORA DO NINHO

Felipe Michel, secretário de Envelhecimento Saudável de Crivella, anuncia que deixará o PSDB. Mais um descontente com o presidente estadual do partido, Paulo Marinho. O deputado Luiz Paulo também sairá.

2020 É LOGO ALI

A eleição do novo presidente do PT, na capital, será domingo. Tiago Santana quer aliança com o PSOL de Freixo. Adilson Pires não descarta apoio a Eduardo Paes (DEM).

PICADINHO

O Sesc de Copacabana está com a exposição de realidade virtual ‘A Biblioteca à Noite’, sempre de terça a domingo. Grátis. A partir das 9h30.

Começa na próxima sexta-feira o Festival Gosto da Amazônia, no Cadeg, o mercado municipal do Rio.

Bruno Rezende, advogado e professor da Emerj e da Esaj, assume a presidência do Instituto Brasileiro da Insolvência.

SOBE

BRASILEIRO CAMPEÃO

Ítalo Ferreira conquistou a medalha de ouro no Mundial de Surfe, realizado no Japão. Gabriel Medina ficou em terceiro.

DESCE

EX-DIPLOMATA CONDENADO

Justiça condenou Sergio Thompson Flores por lesão corporal e cárcere privado contra a ex-mulher Cristiane Machado.

Galeria de Fotos

Leonardo Rodrigues pretende criar o "EducaParque" na Região Serrana G1
Secretário de Estado de Ciência,Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues Estefan Radovicz

Comentários