Exposição no Sesc Madureira exalta o respeito às diferenças e o direito ao brincar

Inspiradas em artistas como Pablo Picasso e Candido Portinari, crianças em contraturno escolar fazem suas próprias obras de arte retratando o universo lúdico a que toda criança tem direito

Por O Dia

Exposição no Sesc Madureira exalta o respeito às diferenças e o direito ao brincar
Exposição no Sesc Madureira exalta o respeito às diferenças e o direito ao brincar -
Rio - Em comemoração ao Mês das Crianças, o Sesc Madureira, na Zona Norte do Rio, abriu nesta quarta-feira (9) uma exposição de pinturas feitas por participantes do Sesc+ Infância, projeto de educação integral da instituição que oferece atividades no contraturno escolar a crianças entre 6 e 12 anos. Os trabalhos, que ficarão expostos na galeria da unidade, onde tradicionalmente são recebidas obras de artistas profissionais, são resultado de uma dinâmica que apresentou aos pequenos, de forma lúdica, a vida e a obra de mestres da pintura como Miró, Van Gogh, Picasso, Volpi, Monet, Tarsila do Amaral, Portinari e Ivan Cruz. A exposição fica em cartaz até o dia 31 de outubro e, depois, segue itinerância pelas unidades do Sesc no estado.

“O objetivo principal foi estimular a percepção das crianças sobre os estilos e inspirações que cada artista utilizava na composição de suas telas. Essa ideia trouxe o entendimento, construído pelo grupo, de que cada um tem seu estilo próprio, e o mais importante: que não existe o feio ou o bonito, e sim a originalidade, a criatividade e o sentimento que se constrói quando estamos contemplando ou produzindo arte”, explica a gerente de Educação do Sesc RJ, Adriana Santos.

Batizada de “Direito das Crianças – Expressões brincantes do Sesc+ Infância”, a mostra é composta por 53 telas pintadas a guache que trazem como tema a atividade que as crianças mais gostam: a brincadeira. Como a dinâmica resultou em trabalhos repletos de significado, trazendo referências pessoais e retratos das brincadeiras preferidas, a mostra entrou na programação de outubro do Sesc RJ e na mobilização da instituição pela garantia do Direito de Brincar, resguardado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em seu artigo 4ª.

Ainda que garantido por lei (8069/90), o direito ao brincar não é exercido por um grande contingente de crianças e jovens brasileiros. Dados do IBGE apontam que 2,5 milhões de crianças e adolescentes estão trabalhando hoje no Brasil. Segundo estatística do Observatório Digital do Trabalho Escravo no Brasil, criado pelo Ministério Público do Trabalho e a Organização Internacional do Trabalho, 938 crianças foram resgatadas de condições análogas à escravidão entre 2003 a 2018.


Serviço

Exposição Direito das Crianças. Sesc Madureira: R. Ewbanck da Câmara, 90 – Madureira – Rio de Janeiro. Abertura: 09/10/2019. Visitação: Até 31 de outubro de 2019. Segunda a sexta-feira: das 9h às 20h30. Sábados, domingos e feriados: 9h às 17h30. Entrada franca. Classificação: Livre.

Comentários