Artilheiros brilham e Flamengo goleia o Vasco em Brasília

Com ótimas atuações de Bruno Henrique e Gabigol, Rubro-Negro faz a festa no Mané Garrincha, se mantém na cola do líder e ganha moral para a Libertadores

Por O Dia

Vasco x Flamengo 17/08/2019
Vasco x Flamengo 17/08/2019 -
A dupla que aterroriza os rivais cariocas fez mais uma vítima na noite de ontem. Bruno Henrique, com dois gols, e Gabigol, com um, comandaram a goleada do Flamengo por 4 a 1 sobre Vasco, no Mané Garrincha — Arrascaeta, de pênalti, completou o placar. Outro destaque foi o goleiro Diego Alves, que confirmou a fama de pegador de pênaltis ao defender duas cobranças.
Contrariando os prognósticos, o Vasco começou melhor. Empurrado pelo jovem Talles Magno, que só pôde jogar porque o clube conseguiu sua liberação no STJD durante a manhã, o time de Luxemburgo quase marcou com Raul e Yago Pikachu, aos 22, que pararam em Diego Alves e no travessão, respectivamente.
Recuperado do susto, o Flamengo melhorou a partir dos 30 minutos e passou a controlar o jogo. Após lambança de Marquinho, Willian Arão roubou a bola dentro da área, mas a defesa se recuperou a tempo de bloquear chute de Arrascaeta. Aos 41, Bruno Henrique tabelou com o uruguaio, limpou a marcação e acertou um lindo chute da entrada da área.
Embalado pela vantagem no placar, o Rubro-Negro ampliou do domínio no segundo tempo, e aumentou o marcador logo aos cinco minutos, mais uma vez com Bruno Henrique, que tabelou com Cuélllar e, após confusão na área, desviou sem querer para o gol — o seu 17ª pelo Flamengo, nono em clássicos e terceiro contra o Cruzmaltino, agora sua maior vítima com a camisa rubro-negra.
O Vasco ainda diminuiu com Leandro Castan, de cabeça, aos 13, logo depois de Diego Alves defender cobrança de pênalti — marcado com o auxílio do VAR — de Yago Pikachu. Mas a reação foi freada apenas dois minutos depois. Gerson cruzou para Bruno Henrique cabecear para defesa de Fernando Miguel e a bola sobrou para Gabigol, que estufou a rede.
O Árbitro de Vídeo voltou a entrar em ação e marcou mais um pênalti para o Cruzmaltino, desta vez de Arrascaeta em Castan. Bruno César foi para a cobrança, e, mais uma vez, Diego Alves defendeu. No contra-ataque, foi a vez de Bruno Henrique ser agarrado por Richard dentro da área e Leandro Vuaden assinalar a penalidade. Na cobrança, Arrascaeta converteu e fechou o placar.

Comentários