Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Não poderia ser melhor

Por O Dia

Jorge Jesus fará duelo de gigantes com o xará santista, Jorge Sampaoli
Jorge Jesus fará duelo de gigantes com o xará santista, Jorge Sampaoli -

A última rodada do primeiro turno reserva um jogo simplesmente espetacular: os líderes e melhores times do Campeonato Brasileiro vão se enfrentar no Maracanã, às 17h do próximo sábado, em um momento mágico para o Rubro-Negro. Melhor ainda: com a semana livre para descansar e trabalhar. Um jogo que terá frente a frente os dois melhores ataques da competição. O Fla soma 41 gols em 18 jogos, enquanto o Peixe tem 30 no mesmo número de partidas. As defesas levaram 18 gols cada. Vale lembrar que as equipes costumam protagonizar grandes jogos, como em 2011, naquele histórico 5 a 4 de Ronaldinho x Neymar. Além de grandes times atualmente, um duelo de gigantes acontecerá na beira do campo: Os Jorges, Jesus, pelo Flamengo, e Sampaoli, pelo Santos. Se vencer, o time da Gávea abre cinco pontos. Se perder, o da Vila assume a liderança. Só uma frase vem à minha cabeça: não poderia ser melhor.

BRASIL X ARGENTINA À VISTA
A seleção brasileira de Tite já definiu os adversários e os locais dos próximos quatro jogos. Apuramos e o principal deles será contra a Argentina, em novembro, na Arábia Saudita. Os outros dependem de algumas assinaturas para serem anunciados e em breve serão de conhecimento público.

FIM DA GREVE ALVINEGRA
A diretoria do Botafogo entrou em um acordo com os jogadores e a greve dos atletas que previa entrevistas longe dos patrocinadores e recusas às ações de marketing pelos salários atrasados vai acabar. Amanhã tudo volta ao normal no time de General Severiano, que precisa de tranquilidade para seguir a boa campanha no Brasileirão.

ESTÍMULOS PARA A MUDANÇA
Governo Federal, Senado, Câmara dos Deputados, CBF, federações estaduais e clubes estão num só movimento: permitir que os times possam se tornar empresas. Isso não quer dizer que todos serão, mas há uma união para que isso seja legalizado o quanto antes e será de livre arbítrio mudar ou não. O governo,
inclusive, vei gerar estímulos para isso. O ano de 2020 pode ser de mudanças históricas no futebol brasileiro.

Comentários