Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Agora os pés são outros

Por O Dia

Pedro chega com a missão de tornar o ataque do Fla ainda mais letal
Pedro chega com a missão de tornar o ataque do Fla ainda mais letal -
O relógio marcava 14 minutos do segundo tempo da prorrogação. O maior desejo do Flamengo em 2020, após conquistar a tríplice coroa (Carioca, Brasileiro e Libertadores), era o Mundial de Clubes. O Liverpool vencia por 1 a 0, gol do brasileiro Roberto Firmino. Vitinho, que tinha acabado de entrar, fez boa jogada pela direita e deixou Lincoln, de 19 anos, sozinho na entrada da área. O resultado foi um chute sem confiança, com muito nervosismo e por cima do gol. O lance ainda deve martelar na cabeça de muitos rubro-negros até hoje. Nada contra o Lincoln, um garoto que tem uma longa carreira pela frente. Mas hoje o Flamengo tem Pedro. O camisa 21, como ele mesmo disse, voltou para casa. E, no Fluminense, já mostrou que finalização é com ele mesmo. Impossível não imaginar que, se uma bola dessas caísse no pé do centroavante, ela não morreria dentro do gol. Mas tudo bem. Pedro, flamenguista declarado, agora poderá usar seus pés em prol do time de coração. Uma mudança gritante num time já campeão, porém agora completo.

O VOVÔ GAROTO ESTÁ VOANDO

O meia Nenê, do Fluminense, está com 38 anos. Com uma carreira vitoriosa na Europa, principalmente no PSG, da França, ele voltou ao Brasil já tarde. Teve um grande momento no Vasco, caiu de produção, oscilou no São Paulo e chegou ao Tricolor. Em 2019, se adaptou. Em 2020, está voando. Parece um moleque que acabou de subir da base. Corre e se dedica o tempo inteiro, além de ajudar garotos como Miguel, de 16, a se firmarem. Um vovô garoto de prestígio. Grande fase!

A RECUPERAÇÃO DE LUCAS PAQUETÁ

Lucas Paquetá, cria do Flamengo e vendido ao Milan em 2018, não está feliz. E o caso não é apenas sobre insatisfação. Ele chegou a passar mal durante uma partida. Os médicos o diagnosticaram com ansiedade que beirava à depressão. Um jovem de apenas 22 anos que deseja reencontrar a felicidade e já avisou à diretoria do time italiano que pretende deixar o clube. Uma volta para casa não faria nada mal ao garoto. Força, Paquetá!


CAPITÃO: CASTAN FAZ JUS AO POSTO

Leandro Castan se pronunciou após uma semana difícil no Vasco. Entre tantos problemas, uma declaração me chamou a atenção: “Todo mundo hoje pode zoar o Vasco, é muito fácil querer zoar o Vasco. O Vasco tem muita história, muita tradição e isso me incomoda. Isso tem que acabar. Enquanto eu estiver aqui, vamos honrar essa camisa”. Capitão. É isso que se espera de um líder.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários