Supersincero, Luxa frea expectativa do torcedor e reforça meta do Vasco no Brasileiro

Mesmo após ajudar o Cruzmaltino do Z-4, treinador vê 'fantasma' da Série B ativo e pede cautela

Por O Dia

Luxa já superou a desconfiança da torcida com seu jeito franco de ser
Luxa já superou a desconfiança da torcida com seu jeito franco de ser -
Rio - O discurso reto e extremamente sincero do Vanderlei Luxemburgo pode não ter agradado o torcedor vascaíno, mas não mudará o pensamento do treinador sobre o desafio que assumiu ao chegar na Colina: assegurar a permanência do clube na Série A do Campeonato Brasileiro.
"Fui bem prático e isso incomoda. Dizem que quero fugir da responsabilidade, mas é preciso falar a verdade. Vasco briga para se manter na Primeira Divisão. É a única proposta que existe", disse Luxa, ao SporTV.
Responsável direto pela evolução do Vasco no Brasileiro, o treinador superou a desconfiança do torcedor pela identificação do Flamengo, seu time do coração. Ao suceder Alberto Valentim e, posteriormente, o interino Marcos Valadares, Luxa ajudou o Cruzmaltino a deixar a lanterna em seu quarto jogo à frente da equipe e, no quinto, o Z-4.
Fora da zona de rebaixamento há nove rodadas, o Vasco empolgou o torcedor no empate com o Palmeiras e na vitória sobre o São Paulo. No entanto, reacendeu a discussão sobre as fragilidades e limitações da equipe nas derrotas para Flamengo, Cruzeiro e Bahia, esta última em São Januário. Em 15º lugar, com 20 pontos, perdeu a chance de se afastar da chamada zona da confusão.
"Vasco está desgastado, precisamos recuperar isso, se reestruturar. Empresa quebrada não vai receber dinheiro. O meu primeiro ato no Vasco foi abri-lo para a imprensa, para que vejam o Vasco. (...) O torcedor vai ter que entender que a equipe que eu tenho é essa", disse Luxa.

Comentários