Vasco renova com patrocinador e planeja pagar um mês de salários atrasados

Clube vai receber R$ 5 milhões por ampliação de três anos com o banco BMG

Por O Dia

Germán Cano ainda vibra com seu primeiro gol pelo Vasco, sábado, contra o Boavista
Germán Cano ainda vibra com seu primeiro gol pelo Vasco, sábado, contra o Boavista -
Imerso em dívidas, o Vasco se vira como pode para tentar quitar os salários atrasados. Ontem, a prorrogação do contrato de patrocínio com o banco BMG por três anos e, com R$ 5 milhões a receber, pretende pagar um mês dos vencimentos de jogadores e funcionários.
O atraso salarial tem gerado insatisfação no elenco, que ainda tem por receber os meses os salários de novembro e dezembro, além de 13º, férias e direitos de imagem. Os funcionários que recebem até R$ 3 mil vivem situação parecida (exceto pelos direitos de imagem), mas o que ganham mais ainda não recebem nem o valor referente a outubro.
A falta de pagamento, inclusive, é um dos fatores que complica a renovação do volante Guarín. Apesar do desejo de permanecer no clube, ele e seus representante não admitem negociar enquanto o jogador não receber os salários atrasados. O mesmo aconteceu com Rossi, que acabou acertando com o Bahia.
Recém-chegado, o atacante Germán Cano já está ciente das dificuldades financeiras e ressaltou a importância de receber em dia.
"Está muito difícil, várias equipes estão sofrendo o mesmo. Mas precisamos que todos os salários sejam pagos para que o jogador entre em campo dando o melhor possível. Isso é muito importante para todos os jogadores. Esperamos poder fazer o melhor para ganhar a próxima partida", disse o atacante, que marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Boavista, sábado.
Apesar isso, o jogador garante que os salários atrasados não vão afetar diretamente o rendimento em campo. "Não, mas é uma tranquilidade para cada família de todos. É muito importante o pagamento. Todos precisamos estar contentes para fazer o melhor possível dentro de campo toda vez que formos jogar".

Cano projeta temporada vitoriosa

Contente após marcar o primeiro gol com a camisa do Vasco, o atacante Germán Cano está sonhando alto neste início de trajetória no Cruzmaltino. Ele admite que ainda não está completamente adaptado, mas projeta muitas conquistas pelo clube.

"Me sinto muito contente pelo apoio da torcida e dos companheiros. Sei que a adaptação demora um pouco, por sorte pude fazer o gol que ajuda na confiança. Que o Vasco possa brigar por coisas importantes, que são os títulos", disse o atacante.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários