Veja dicas de como posicionar a peça e facilitar a utilização para os moradores

Para um lar seguro, os moradores precisam ter um projeto com o posicionamento de todos os pontos de elétrica

Por O Dia

No quarto, é bacana investir em tomadas próximas da cabeceira, caso o morador queira acender um abajur
No quarto, é bacana investir em tomadas próximas da cabeceira, caso o morador queira acender um abajur -
Rio - A tomada elétrica é um ponto fundamental para montar o projeto do lar. É preciso que seja eficiente, prática e segura. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) tem regras pré-estabelecidas que devem ser seguidas na hora de escolher os pontos de tomadas. Para isso, especialistas orientam quais são as normas para a instalação e os principais cuidados.
De acordo com a arquiteta Erika Mello, é fundamental planejar bem a quantidade de tomadas a instalar. “O ideal é ter um projeto com o posicionamento de todos os pontos de elétrica, não apenas tomadas, mas também luminárias e interruptores, para ter um lar seguro”, recomenda.
Para isso, arquiteta Cristiane Schiavoni sugere que todos fiquem atentos às normas da ABNT. “Além da inclusão de uma tomada a cada 3,5 m de parede, a ABNT define três alturas ideais: baixa (por volta de 30 cm do chão), média (em torno de 1,20 m do chão) e alta (em torno de 2 m do chão)”, explica.
Nos quartos, o importante é o conforto. As tomadas devem ser posicionadas de uma maneira acessível para que deixem a rotina mais prática. “Trata-se de um ambiente em que é necessário deixar as tomadas de fácil acesso, sem que seja preciso puxar móveis para usá-las, por exemplo”, diz Cristiane.
Os melhores lugares para posicioná-las são acima da bancada da TV, do criado-mudo e ao lado de uma poltrona, definindo a altura e a posição adequadas para que os plugs possam ser colocados e retirados com facilidade.
DEPENDÊNCIAS
Na cozinha, as questões de segurança são indispensáveis na hora do posicionamento das tomadas. A instalação dos eletrodomésticos deve ser feita com base na potência e na posição da tomada, além de  especificações de segurança. “Também é importante prever tomadas sobre as bancadas, para eletros portáteis, e sempre que possível ligeiramente afastadas das áreas molhadas e do fogão”, afirma Erika.
Nas tomadas que ficam acima da bancada, a arquiteta sugere ultrapassar um pouco o padrão de 1,20 m para evitar que fiquem próxima da torneira. No banheiro, a posição da tomada precisa ser adequada para um bom uso de aparelhos como secador de cabelo, chapinha e barbeador. Segundo Cristiane, os acabamentos das tomadas dão o toque final para um projeto harmônico. “É possível escolher o tamanho, as cores e até a textura para compor”, finaliza.

Comentários