Primeira escola pública do Rio comemora 110 anos

Espaço foi reformado por funcionários voluntários da Petrobras

Por Agência Brasil

Primeira escola pública do Rio comemora 110 anos
Primeira escola pública do Rio comemora 110 anos -
Rio - O Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) Campos Salles, primeira escola de educação infantil pública do Rio de Janeiro, comemorou 110 anos de fundação hoje (8), com a inauguração da reforma feita por funcionários voluntários da Petrobras em suas instalações.

Localizada no Campo de Santana, região central da cidade, próxima aos prédios administrativos da empresa, a unidade escolar foi escolhida para participar de ação do Programa de Voluntariado da Petrobras. Familiares e amigos dos funcionários dedicaram quatro finais de semana, em outubro, na recuperação da escola. Cerca de 100 colaboradores lixaram, pintaram, emassaram, aplicaram adesivos e organizaram o espaço, cuja reforma foi concluída no último dia 2.
Uma das prioridades do programa da Petrobras é o atendimento à primeira infância, que vai de zero a seis anos de idade, informou a gerente executiva de Responsabilidade Social da empresa, Olinta Cardoso. "Os funcionários ouviram a demanda da comunidade do entorno e souberam da necessidade de revitalização do espaço Campos Salles e decidiram ajudar." O material foi custeado pela Petrobras.

A ação mobilizou internamente os empregados da empresa, que se uniram a familiares e amigos e dedicaram quatro finais de semana de outubro às obras de recuperação da escola, no horário das 8h às 17h. Cerca de 100 colaboradores lixaram, pintaram, emassaram, aplicaram adesivos e organizaram o espaço, cuja reforma foi concluída no último dia 2. “Eles identificaram o que a escola precisava e ela foi transformada. Hoje, a gente está entregando o trabalho que foi feito junto com músicos de metais da Orquestra Sinfônica Petrobras, que apresentaram aos alunos trompetes, trompa, trombone e tuba, ensinando aos pequenos algumas notas”.

“Hoje, estamos está entregando também o trabalho feito com músicos da Orquestra Sinfônica Petrobras, que apresentaram aos alunos trompetes, trompa, trombone e tuba, e ensinaram algumas notas aos pequenos", disse Olinta.

De acordo com ela, a comemoração de hoje tem muita relevância, uma vez que "quando as ações são voltadas para a primeira infância, maior é a condição de aprendizado". O Espaço Campos Salles atende cerca de 140 crianças, de 3 a 6 anos de idade.

O engenheiro de segurança da Petrobras, Robinson de Andrade, que estudou em escola pública, participou da cerimônia e disse ter "a sensação de estar retribuindo um pouco do que recebi nos meus anos escolares”.

Biblioteca
Em Macaé, região norte do estado do Rio de Janeiro, cerca de 20 voluntários da Petrobras também reformaram o espaço dedicado à leitura infantil da Biblioteca Pública Municipal Dr. Télio Barreto, situada no centro da cidade, organizando o espaço que ocupa área de cerca de 40 metros quadrados. A biblioteca mais antiga do município completou 78 anos. Ela foi inaugurada em 19 de abril de 1941.

A professora da rede municipal de ensino de Macaé e funcionária da biblioteca, Rosane Coelho, ressaltou que “mais do que um espaço renovado, a ação do voluntariado resgata o valor da leitura e atrai o interesse de jovens e crianças em uma época em que a digitalização rouba um tempo precioso de aprendizado dentro e fora das escolas. Não tenho palavras para agradecer o que fizeram aqui”.

Comentários