Delegacia de Homicídios busca arma usada nas mortes de Marielle e Anderson

Policias apreenderam munições, carregador de pistola e um carro de luxo para verificação

Por O Dia

Mergulhador entra em cisterna para procurar arma utilizada no assassinato de Marielle e Anderson
Mergulhador entra em cisterna para procurar arma utilizada no assassinato de Marielle e Anderson -
Rio - A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) realiza uma operação para cumprimento de um mandado de busca e apreensão em um condomínio em Jacarepaguá, Zona Oeste. A ação tem como objetivo checar informações da possível localização da arma usada no homicídio da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.
Segundo a Polícia Civil, a ação é realizada em conjunto com o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público e Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

A DH informou que a ação contou com mergulhadores da Core que inspecionaram 27 cisternas do local, a arma, no entanto, não foi encontrada. Durante a ação, os policias apreenderam munições, carregador de pistola e um carro de luxo. Foi instaurado um procedimento para apurar a propriedade do material e o veículo será periciado.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários