Socialite Mirna Bandeira de Mello morre com suspeita de coronavírus no Samaritano

Caso a morte seja confirmada por causa da Covid-19, será o segundo óbito pela doença na cidade, o quinto no estado

Por O Dia

Mirna Bandeira de Mello e o marido
Mirna Bandeira de Mello e o marido -
Rio - A socialite Mirna Bandeira de Mello, de 71 anos, morreu, nesta segunda-feira, com suspeita de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19). De acordo com a colunista Lu Lacerda, Mirna estava internada no Hospital Samaritano de Botafogo, na Zona Sul do Rio.
Caso a morte dela seja confirmada por causa da Covid-19, será o segundo caso de óbito pela doença na cidade, o quinto no estado. A Secretara estadual de Saúde informou que a Vigilância Epidemiológica está investigado o caso da socialite.
Já o Samaritano disse que as notificações de casos suspeitos de coronavírus por hospitais privados são realizadas às secretarias municipais e estaduais de saúde.
"Por recomendação do Ministério da Saúde, informações sobre as notificações recebidas devem ser consultadas diretamente com esses órgãos. As informações epidemiológicas sobre o coronavírus estão sendo divulgadas diariamente pelo Ministério da Saúde", a rede acrescentou, em nota.
"Personagem queridíssima em todas as gerações cariocas, formando com o marido, Paulo, um casal alegre, festivo, importante nesse cenário social do Rio, se relacionando bem com os mais variados perfis", lamentou a jornalista Lu Lacerda.
A primeira morte por causa do coronavírus na capital foi confirmada ontem. Trata-se de uma mulher mulher de 58 anos, que já tinha um histórico de doenças antes da Covid-19. Até agora, o estado soma quatro óbitos; veja todas as mortes:
1. Mulher de 63 anos, em Miguel Pereira
2. Homem de 69 anos, em Niterói
3. Homem de 65 anos, em Petrópolis
4. Mulher de 58 anos, no Rio de Janeiro
Atualmente o Rio tem 246 casos confirmados da doença; veja a distribuição por municípios:
. Rio de Janeiro: 214
. Niterói: 16
. São Gonçalo: 4
. Resende: 1
. Barra Mansa: 1
. Guapimirim: 1
. Miguel Pereira: 1
. Exterior: 2
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O DiaFaça uma contribuição

Comentários