Maria Flor não sai de casa com medo de ameaças

Ela vem sofrendo ataques nas redes sociais desde que fez críticas ao presidente Bolsonaro

Por O Dia

Emanuel Aragão e Maria Flor, em vídeo do canal 'Flor e Manu'
Emanuel Aragão e Maria Flor, em vídeo do canal 'Flor e Manu' -
Longe da TV há três anos, desde que fez uma participação na série 'Cidade Proibida', na Globo, Maria Flor não esperava que um vídeo fosse causar tanta dor de cabeça. Há seis dias, ela vem sofrendo ataques nas redes sociais por incitar violência contra o presidente Jair Bolsonaro.

Galeria de Fotos

Maria Flor e o marido Reprodução
Maria Flor Reprodução
Maria Flor e o marido Reprodução
Maria Flor e o marido Reprodução
Maria Flor Reprodução
Em um vídeo publicado na terça-feira (31) em seu canal no YouTube, ela falou que 'queria só poder pegar o Bolsonaro e esfregar a cara dele no asfalto quente'. O marido da atriz, o ator e youtuber Emanuel Aragão, ainda ressaltou que tudo não passava de brincadeira e aí Maria Flor reforçou que estava mesmo incentivando o ódio contra o presidente. 
A coluna soube que Maria Flor revelou aos amigos mais próximos que está apavorada com as ameaças. Ela fechou os comentários nas redes sociais e até deixou de ir ao supermercado próximo de sua casa, o que vinha fazendo mesmo nos dias de isolamento por conta do coronavírus.  Procurada, a atriz não quis comentar sobre o assunto.



 Veja a galeria de fotos:
 

Comentários