Marcelo Adnet é atacado por militar e Marinha abre investigação interna

O rapaz fez apologia ao estupro ao comentar sobre entrevista em que Adnet revela ter sofrido abuso sexual na infância

Por O Dia

Marcelo Adnet
Marcelo Adnet -
Marcelo Adnet, que recentemente revelou à Revista Veja ter sofrido abuso sexual quando criança, entrou em conflito com um usuário do Twitter, após o homem em questão ter feito apologia ao estupro ao comentar sobre o caso de pedofilia envolvendo o humorista. 
"Só assim mesmo pra esse bosta aparecer! Deve ter gostado de dar a bunda, daqui a pouco se assume", escreveu Fabricio Diniz, que não esperava uma resposta de Adnet. "Alô Marinha do Brasil, seu membro acaba de exaltar estupro contra menores. Alguma providência? Obrigado, no aguardo", pediu o apresentador. 
Foi então que o perfil oficial da Marinha se posicionou e a batata do rapaz efetivamente começou a assar: "Prezado Marcelo Adnet, a Marinha do Brasil repudia qualquer atitude que ofenda a dignidade humana e a ética. Procedimento administrativo foi aberto para apurar os fatos em questão e adotar as medidas administrativas decorrentes", informou a corporação.
Diante da repercussão que sua fala tomou, o rapaz então resolveu se desculpar com o Adnet: "Boa tarde Sr Marcelo Adnet, venho aqui pedir desculpas pelo mal entendido. Alguém tem usado minha conta usualmente para proferir ataques e ofensas a terceiros. Já tentei mudar a senha, mas não adiantou. Nunca compactuei com esses tipos de ataques e me solidarizo com sua situação."

Comentários