Mariana Ferrer rebate acusações após a coluna divulgar vídeo: 'Se foi consentido, por que tiveram que me dopar?'

Blogueira se defende na internet: 'Pesquise e veja como ficam as vítimas que estão dopadas'

Por O Dia

Blogueira Mariana Ferrer se queixa de investigação sobre caso de estupro em Florianópolis
Blogueira Mariana Ferrer se queixa de investigação sobre caso de estupro em Florianópolis -
Na tarde da última quinta-feira, a coluna publicou um vídeo que mostra o momento em que a blogueira Mariana Ferrer está subindo as escadas do 'matadouro', como ela chama o cômodo que há no segundo andar do Café de la Musique, sendo levada pela mão por um rapaz. Algumas pessoas questionaram Mariana, dizendo que ela aparentava estar bem e, por isso, o sexo teria sido feito com consentimento. A blogueira rebateu a acusação com um post no Instagram.
"Eu estava DOPADA. Pesquise e veja como ficam as vítimas que estão DOPADAS. Se foi consentido, por que tiveram que me DOPAR? Por que não consigo reconhecer o estuprador? Nunca vi ele na vida, Não se apresentou. Por que quando a minha mãe tira a minha roupa ela constata que está com cheiro forte de esperma e ensanguentada? Por que fiquei dopada até o dia seguinte? Por que fui machucada nas regiões íntimas? Sentindo dor até para urinar? Por que eu tive que tomar por 30 dias remédios fortes para não pegar doença? Eu jamais iria ter relação sexual naquele ambiente, com um estranho que eu não tenho sentimentos e nunca vi a cara? Que não conheço seus princípios e valores? Isso já está tão claro! Minha índole ninguém muda!

Comentários